«Verão ComVida» para crianças de Viseu

Parceria da Câmara Municipal com a Cáritas Diocesana abre novos horizontes e aumenta competências pessoais e sociais

Proporcionar experiências singulares que marquem a vida das crianças, atenuando as dificuldades das suas famílias e dos meios em que estão inseridas, é um dos objectivos da iniciativa «Verão ComVida», coordenada pela Cáritas Diocesana de Viseu.

Além de ocupar os tempos livres dos jovens, retirando-os da rua e evitando comportamentos desviantes, o projecto abre-lhes novos horizontes através da descoberta de novos lugares e vivências.

Na época de Verão assume particular destaque o NASCE – Núcleo de Animação Social, Comunitário e Educativo. Nesta acção, pretende-se dinamizar os ateliers que contam com a presença de crianças e jovens, através de actividades de informação e sensibilização, bem como mediante actividades lúdicas que promovam as competências pessoais e sociais.

Em termos de amadurecimento psicológico, as actividades propiciam o estabelecimento de relações interpessoais com os colegas e monitores, o que proporciona o aumento das competências pessoais e sociais e o crescimento da auto-estima.

Por outro lado, o programa amplia as perspectivas profissionais dos jovens, permitindo-lhes perceber que há um mundo diferente das aldeias onde vivem, e de onde muitos nunca saíram.

 Praia e visitas

Como explicam à Agência ECCLESIA os promotores da iniciativa, as actividades têm decorrido com muita animação e entusiasmo, tendo a praia como denominador comum.

Um dos momentos altos, à semelhança dos anos anteriores, foi a colónia de férias na Areia Branca, em Peniche. Durante uma semana, as crianças tiveram a oportunidade de praticar desportos e realizar visitas a diversos pontos da região, nomeadamente Peniche, Berlengas, Convento de Mafra, e, em Lisboa, ao Oceanário e ao Pavilhão do Conhecimento.

Nos campos de férias não residenciais, as actividades, igualmente diversificadas, incluem acções de sensibilização e visitas às instalações da GNR, ateliers de artes plásticas, canoagem, piscina, karting e bowling, visitas ao zoo da Maia, bem como à Casa da Música e ao Pavilhão da Água, no Porto.

O acompanhamento é assegurado por quatro monitores, com formação profissional nas áreas da sociologia, animação cultural, psicologia e educação física.

 Acções de intervenção social não param durante o Verão

A iniciativa «Verão ComVida», que este ano entra na sua quarta edição, contempla cerca de 100 crianças de Boa Aldeia, Couto de Baixo, Faíl, Farminhão, Ranhados, São João de Lourosa, São Salvador, Torredeita, e Vila Chã de Sá. As actividades são organizadas semanalmente por freguesias, de modo a proporcionar a igualdade de oportunidades.

O programa integra-se no num projecto mais vasto, denominado «Comvida», que conta com o envolvimento da Câmara Municipal de Viseu, como entidade promotora, e com uma rede de parceiros para a execução das acções, que estão a cargo da Cáritas Diocesana.

As actividades, dirigidas às populações mais desfavorecidas, têm como objectivo produzir mudanças, a nível pessoal e comunitário, nas famílias afectadas pela precariedade económica, desemprego, baixas qualificações e más condições habitacionais.

Além do projecto específico para o Verão, continuam a decorrer outras acções, designadamente visitas domiciliárias, requalificação das habitações, atendimento psicológico, distribuição de géneros alimentares e de roupa, bem como ateliers de adultos em tempos livres, que funcionam duas tardes por semana.

Fotos   
Nacional | Rui Martins | 2009-08-04 | 11:31:10 | 4405 Caracteres | Caritas, Diocese de Viseu, Férias

Partilhar

É importante
(Palavras chave mais utilizadas, o tamanho revela a predominância)