Do mesmo dia

JMJ 2013: Papa no Brasil pela relevância da fé

Vaticano apresenta primeira viagem internacional de Francisco como momento para enfrentar secularização e «neopaganismo»

news.va

Cidade do Vaticano, 22 jul 2013 (Ecclesia) – O Papa Francisco inicia hoje a sua viagem ao Brasil, vista pelo Vaticano como um apelo à “evangelização” das nações de tradição cristã, “vítimas da indiferença de uma sociedade neopaganizada”.

“Num tempo em que se verifica um afastamento da prática religiosa e até mesmo uma recusa dos valores cristãos, em muitas regiões cuja história e cultura foram marcadas pela fé cristã, a Igreja, que nos convida a uma nova evangelização, convoca os jovens a serem protagonistas de um novo e redobrado anúncio do evangelho”, destaca a introdução do missal da viagem, publicado pelo Departamento das Celebrações Litúrgicas do Sumo Pontífice.

O Papa está no Brasil até domingo e vai participar na 28ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ), iniciativa que tem como lema ‘Ide e fazei discípulos de todos os povos’, expressão baseada no evangelho segundo São Mateus.

Segundo a Santa Sé, o tema “recorda a urgência missionária do momento histórico”, marcado pelo “secularismo que tenta apagar a presença da fé cristã na sociedade pós-moderna”.

O documento estima que o Rio de Janeiro acolha jovens de 190 países, durante a JMJ, com a previsão de cerca de dois milhões de peregrinos, 11 mil sacerdotes, 1500 bispos e 60 cardeais na primeira viagem de Francisco fora da Itália.

O programa do Papa inclui um encontro com “o mundo do sofrimento”, na visita ao Hospital de São Francisco, às 18h30 (mais quatro horas em Lisboa) de dia 24, onde vai inaugurar um centro médico-hospitalar destinado ao tratamento e recuperação de jovens toxicodependentes.

No dia seguinte há uma iniciativa ligada ao mundo desportivo, a partir das 09h45 locais, com a entrega das chaves da cidade a Francisco e a bênção das bandeiras olímpicas no Palácio da Cidade no Rio de Janeiro.

Poucos depois, às 11h00, o Papa “encontra-se com a realidade da pobreza extrema” na visita aos jovens e moradores da comunidade da Varginha, favela que foi alvo de um programa de recuperação pelas autoridades brasileiras.

O missal destaca outros momentos, como a reunião com alguns jovens detidos, no palácio arquiepiscopal do Rio de Janeiro, na sexta-feira (11h30), e o encontro com a sociedade civil (sábado, 11h30), que “salienta a importância de evangelizar o mundo da cultura”.

Esta será a segunda vez que uma cidade sul-americana acolhe a edição internacional da JMJ, depois de Buenos Aires (Argentina), em 1987, na primeira ocasião em que a iniciativa criada por João Paulo II (1920-2005) saiu de Roma.

No Ano da Fé (outubro de 2012-novembro de 2013), o missal da viagem de Francisco ao Brasil deixa votos de que “a Jornada Mundial da Juventude possa ser para todos um momento forte do anúncio do evangelho e que cada peregrino possa ser protagonista da nova evangelização”.

OC

Documento para download: messaleriodejaneiro2013.pdf
Fotos   
Internacional | Agência Ecclesia | 2013-07-22 | 00:01:00 | 2769 Caracteres | Jornadas Mundiais da Juventude, Papa Francisco

Partilhar

É importante