Internacional

Europa: Comissões Justiça e Paz criticam níveis atuais de «pobreza infantil e de desemprego»

Agência Ecclesia
...
DR
DR

«Um escândalo numa das regiões mais ricas do mundo», apontam as organizações

Bruxelas, 27 mar 2015 (Ecclesia) – O comité executivo da Conferência das Comissões Europeias Justiça e Paz defendeu hoje a necessidade de uma “nova sensibilidade” para com os “direitos humanos e sociais” no Velho Continente, no âmbito do atual cenário de crise.

“O crescimento da pobreza infantil e os níveis inaceitáveis de desemprego, especialmente entre as novas gerações, constituem um escândalo numa das regiões mais ricas do mundo” salienta uma nota daquele organismo, enviada à Agência ECCLESIA.

Intitulado “Promovendo os direitos sociais – reduzindo a desigualdade social”, o texto aplaude a elaboração do chamado “Documento de Bruxelas”, recentemente saído do Conselho da Europa.

Um documento que representa um passo “encorajador” rumo à “salvaguarda dos direitos sociais enquanto direitos humanos”.

Perante o “atual crescimento das desigualdades sociais e territoriais na Europa, que ameaça a coesão e a democracia no continente”, o Documento de Bruxelas defende que “as crises colocaram em causa a noção de cidadania social” e consequentemente “a solidariedade e lealdade das pessoas para com o projeto europeu”.



Europa