Internacional

Iraque: Cristãos de Erbil recebem imagem de Nossa Senhora de Fátima

Agência Ecclesia
...
Créditos: Paróquia de Cascais
Créditos: Paróquia de Cascais

Iniciativa partiu da Paróquia de Cascais e conta com o apoio da Fundação Ajuda a Igreja que Sofre

Cascais, 20 fev 2017 (Ecclesia) – As comunidades cristãs de Erbil, no Curdistão iraquiano, receberam uma imagem de Nossa Senhora de Fátima, numa iniciativa da Paróquia de Cascais com o apoio da Fundação Ajuda a Igreja que Sofre.

De acordo com um comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, a imagem, que vai percorrer a Diocese de Erbil durante ao longo do Centenário das Aparições (1917 – 2017), já esteve presente nas celebrações de 12 e 13 de maio, presididas pelo arcebispo local, D. Bashar Warda.

Em Erbil está radicada uma das maiores comunidades cristãs do Iraque, milhares de pessoas que em 2014 foram forçadas a fugir das suas casas devido aos ataques dos membros do grupo terrorista ‘Estado Islâmico’.

O projeto do envio de uma imagem de Nossa Senhora de Fátima para Erbil começou a ganhar forma em 2016, durante uma visita de D. Bashar Warda a Portugal, a convite da Fundação Ajuda a Igreja que Sofre.

Na altura, a Paróquia de Cascais “ofereceu uma pequena Nossa Senhora de Fátima” ao prelado, mas “perante a emoção de D. Bashar Warda, o padre Nuno Coelho prometeu oferecer uma imagem em tamanho maior, para ser colocadas na catedral da Arquidiocese de Erbil”.

Ainda na mesma altura, a paróquia lisboeta estava também envolvida no apoio à Clínica de Erbil, uma instituição que acolhe famílias vítimas de perseguição por parte do Estado Islâmico.

Em fevereiro último, durante a Missa dos Pastorinhos, no Hipódromo de Cascais, a imagem de Nossa Senhora de Fátima foi benzida pelo cardeal-patriarca de Lisboa.

Na altura, o também presidente da Conferência Episcopal Portuguesa definiu o gesto do envio como “um sinal de unidade” dos cristãos portugueses para com os cristãos perseguidos no Iraque.

Inseridas nesta ação, as crianças da catequese e as famílias da Vigararia de Cascais contribuíram com a criação de centenas de terços e dezenas para dar às comunidades cristas de Erbil.

JCP



Diocese de Lisboa Fátima Ásia