Internacional

México: Bispos dos EUA convidam católicos a rezar pela visita do Papa à fronteira

Agência Ecclesia
...
(Lusa)
(Lusa)

Participantes na Missa vão evocar migrantes numa língua indígena

Lisboa, 17 fev 2016 (Ecclesia) – O presidente da Conferência Episcopal dos Estados Unidos da América (USCCB, sigla em inglês), D. Joseph E. Kurtz, convidou os católicos do país a rezar juntamente com os do México pela visita que o Papa realiza hoje à fronteira de El Paso-Ciudad Juárez.

“O mundo está tantas vezes dividido pela cultura, situação económica, política e muros: a mensagem do Papa é que a nossa fé, oração e amor por Jesus são maiores do que aquilo que nos divide”, escreve o arcebispo norte-americano.

“Ele pede-nos que vejamos os nossos irmãos e irmãs – norte e sul – como companheiros de peregrinação para Cristo”, acrescenta o presidente da USCCB.

O arcebispo vai juntar-se a centenas de fiéis do lado norte-americano da fronteira com o México, em el Paso, enquanto o Papa Francisco estiver a presidir à Missa em Ciudad Juárez, junto à rede que separa os dois países.

“Peço aos meus irmãos católicos nos Estados Unidos que nos unamos em oração com os nossos irmãos e irmãs – especialmente os que mais precisamente de misericórdia e esperança, os que mais sofrem com a pobreza e o medo – e celebrar a bênção da viagem do Santo Padre”, escreveu D. Joseph E. Kurtz.

Os participantes na celebração eucarística junto à fronteira vão ouvir uma oração em língua raramuri “pelos mais necessitados: os migrantes, os indígenas, os que sofrem por causa da miséria, da violência e das guerras”.

OC



América