Internacional

Igreja/Sociedade: Terrorismo tem de ser despojado do seu «poder financeiro e militar»

Agência Ecclesia
...
(Lusa)
(Lusa)

Defende a Pax Christi Internacional, que pede maior «transparência» aos Estados

Bruxelas, 16 nov 2015 (Ecclesia) – A Pax Christi Internacional diz que a erradicação do terrorismo no mundo só será possível se grupos como o Estado Islâmico forem despojados do seu “poder financeiro e militar”.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, sobre os atentados recentes em Paris, o organismo católico empenhado na educação para a paz frisa que até agora o “recurso às armas”, no plano internacional, apenas tem adiado a eliminação desta ameaça

Para a Pax Christi Internacional, “grupos como o Estado Islâmico” têm de ser atingidos “no seu âmago”, ou seja, nas suas fontes de financiamento e de armamento.

“E para que isso aconteça, uma série de ligações internacionais têm de ser cortadas”, prossegue o organismo não-governamental, para quem os Estados e instituições “têm de ser muito mais criativos e transparentes na perseguição desse objetivo”.

Uma série de atentados em Paris, já reivindicados pelo grupo Estado Islâmico, abalaram esta sexta-feira a capital francesa, provocando pelo menos 129 mortos e centenas de feridos.

A Pax Christi Internacional lamenta a “crueldade” destas ações e manifesta a sua “solidariedade para com as vítimas e suas famílias”.

“Acreditamos que o terror não vai prevalecer e que a memória dos que tombaram vai inspirar soluções sustentáveis contra esta violência indiscriminada”, aponta o organismo católico, recordando que mais do que França ou outro qualquer país, está em questão o futuro da “comunidade humana”.

JCP



Pax - Christi