Internacional

Terra Santa: Projeto educativo do Papa Francisco junta jovens israelitas e palestinos

Agência Ecclesia
...

Próximo congresso da Fundação «Scholas Occurrentes» vai ter lugar em Jerusalém

Cidade do Vaticano, 16 fev 2017 (Ecclesia) - O próximo congresso da Fundação Pontifícia ‘Scholas Occurrentes’, um projeto de educação e apoio social criado pelo Papa Francisco para os mais novos, vai ter lugar em Jerusalém.

A revelação foi feita pelo presidente da Fundação, José María del Corral, e publicada hoje na Rádio Vaticano.

De acordo com aquele responsável, o principal objetivo do congresso, que vai decorrer em julho deste ano, será fomentar a “integração de jovens palestinos e israelitas”, num território marcado por permanentes conflitos entre Israel e a Palestina.

A Fundação ‘Scholas’ nasceu em Buenos Aires, há 20 anos, por vontade do então arcebispo dessa cidade argentina, D. Jorge Mario Bergoglio, hoje Papa Francisco.

Surgiu a partir das interpelações que o Papa teve a partir da crise social que afetava o seu país e muito particularmente os mais novos.

Depois de ter sido reconhecido em 2013, como organização internacional de direito pontifício, o projeto ‘Scholas Occurrentes’ está hoje presente em 190 países, com uma rede internacional que junta “mais de 430 mil escolas, universidades e redes educativas, públicas, privadas, cristãs, judaicas e muçulmanas”.

“Depois de termos feito a experiência de integração de jovens nos Emirados Árabes, no Dubai, com jovens muçulmanos, é uma alegria para nós realizá-la agora em Jerusalém, com judeus e muçulmanos”, frisou José María del Corral.

As ‘Scholas’ têm assentado em três grandes áreas, da tecnologia, da arte e do desporto, para contribuir para o diálogo, o desenvolvimento e a inclusão de jovens dos mais variados estratos sociais e confissões religiosas.

JCP