Nacional

Alemanha: Paulus Editora leva autores portugueses à Feira do Livro de Frankfurt

Agência Ecclesia
...

Certame internacional é montra para temas como Teologia, arte, fé e «atualidade social»

Lisboa, 20 out 2016 (Ecclesia) – A Paulus Editora está a participar na Feira do Livro de Frankfurt (Alemanha), onde disponibiliza ao público cerca de duas dezenas de títulos de autores portugueses até este domingo.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, a editora católica explica que das propostas no certame internacional livreiro destacam-se obras em vista ao Centenário das Aparições de Fátima, em 2017, a coleção Clássicos da Literatura Espiritual Portuguesa e os novos títulos da coleção “para crentes e não crentes”.

A Teologia portuguesa “continua a ser uma das bandeiras” e é uma das apostas do catálogo para o evento que termina este domingo na cidade alemã.

O nome de frei Isidro Lamelas com ‘As origens do Cristianismo’ e o do padre Renato Oliveira com ‘Os Milagres como Evangelho’ chegam ao mercado internacional pela Paulus, bem como, os “grandes temas da atualidade social” que são uma “preocupação” editorial com livros como ‘Cuidados Paliativos’ e ‘E Deus fez-Se célula’, “sobre o mistério da Encarnação e a origem da vida à luz da fé”.

A Feira do Livro de Frankfurt começou esta quarta-feira e o diretor editorial da Paulus, o padre José Carlos Nunes, é o representante da editora no seu renovado stand internacional, “com expressão em 41 países dos cinco continentes”.

“Para além das novidades, a PAULUS Editora continua a apostar nos seus autores de referência”, explica o sacerdote destacando também os novos livros de José Luís Nunes Martins e de Maria Stella Salvador.

Para o também superior regional da Sociedade de São Paulo (Paulistas) “tudo leva a crer” que a temática entre a arte e a fé vai ter “uma boa aceitação junto dos mercados internacionais” e o stand apresenta ‘Imagens da Fé’, do bispo coadjutor de Beja D. João Marcos, e ‘Sacra Pagina’ do historiador Luís Correia de Sousa.

A Feira do Livro de Frankfurt, na Alemanha, termina este domingo e o padre José Carlos Nunes espera “um bom acolhimento das obras”, dando continuidade aos anos anteriores, onde a Paulus Editora “tem conseguido vender direitos para diversos países”.

CB



Paulistas