Nacional

Algarve: Bispo convida movimentos, obras e associações a serem «dons do Espírito»

Agência Ecclesia
...
Foto: Folha do Domingo
Foto: Folha do Domingo

Cerca de 300 peregrinos celebraram o seu jubileu do Ano da Misericórdia

Faro, 17 mai 2016 (Ecclesia) – O bispo do Algarve presidiu ao Jubileu dos movimentos, obras e associações católicas em Loulé tendo destacado que “são algo de bom” se forem vistos na perspetiva de “dons do Espírito para o bem de todos, o bem comum”.

“É o Espírito [Santo] que nos impele para termos as atitudes de Jesus. De certa maneira são os gestos e atitudes que Jesus reconhece como feitos a Ele próprio”, disse D. Manuel Quintas, na véspera da Solenidade do Pentecostes.

Na igreja de Nossa Senhora da Piedade, o bispo do Algarve pediu aos cerca de 300 movimentos, obras e associações católicas da região que abram o coração e a sua vida ao Espírito Santo para que seja “uma vida fecunda” e que as obras de misericórdia “sejam o fruto desta fecundidade”.

“Com estes gestos e atitudes transformemo-nos a nós próprios e o lugar onde estamos, esta nossa Igreja Diocesana e este nosso Algarve onde somos chamados a anunciar Cristo ressuscitado. Vamos enriquecer com os nossos dons e carismas, com aquilo que é específico de cada movimento, a nossa Igreja Diocesana, a começar pelas nossas paróquias”, desenvolveu.

O Jubileu dos movimentos, obras e associações da Diocese do Algarve celebrou-se em Loulé e foi realizado no âmbito do Ano Santo da Misericórdia, convocado pelo Papa Francisco, que a Igreja Universal vive até 20 de novembro.

No início do encontro, junto à igreja de São Francisco, D. Manuel Quintas recordou que foram os movimentos que prepararam o Jubileu, um trabalho “enriquecedor para todos”.

Segundo o prelado a celebração do Jubileu dos movimentos, obras e associações vai ajudar na “pertença à Igreja diocesana”, inseridos na paróquia a que cada fiel pertence e tendo presente “o carisma e a especificidade que anima o movimento”.

Segundo o jornal diocesano ‘Folha do Domingo’ participaram no encontro jubilar a Sociedade de São Vicente de Paulo, o Caminho Neocatecumenal, o Movimento dos Focolares, o Renovamento Carismático Católico, os Convívios Fraternos, o Corpo Nacional de Escutas, o Movimento da Mensagem de Fátima, o Movimento dos Cursos de Cristandade, os Centros de Preparação para o Matrimónio (CPM), a Liga Intensificadora da Ação Missionária (LIAM), o Carmelo Missionário Secular, a Ordem Franciscana Secular, entre outros.

CB