Nacional

Fátima: Relicários-candeias evocam vida dos futuros Santos

Agência Ecclesia
...
Foto: Casa das Candeias
Foto: Casa das Candeias

Procissão com as relíquias é um dos momentos do rito de canonização de Francisco e Jacinta Marto

Fátima, 13 mai 2017 (Ecclesia) – Dois relicários vão transportar hoje em Fátima um fragmento de osso de Francisco e uma madeixa de cabelo de Jacinta, aquando da canonização dos mais jovens dos três pastorinhos.

O Santuário da Cova da Iria informa que os dois relicários têm a forma de candeia e vão ser transportados “em procissão junto ao andor da Senhora do Rosário” e colocados junto ao altar, durante a celebração presidida pelo Papa Francisco no recinto de oração,

Os pastorinhos tornam-se assim nos mais jovens santos não-mártires da história da Igreja Católica.

“Os relicários serão transportados sob um véu branco que leva, ao centro, uma cruz feita de fragmentos da veste branca usada no Batismo pelos que serão agora proclamados santos”, refere o Santuário de Fátima.

A interpelação simbologia dos panos, explica, é a de “assumir a vocação batismal”, uma vida centrada em Deus que se torna “reflexo da luz branca com que Deus ilumina o mundo”.

Sobre o formato do relicário, o santuário mariano recorda que há 100 anos, na época dos pastorinhos, a candeia era “instrumento com que se rompia as trevas” e é a simbologia da luz que “melhor descreve a vivência” das crianças-pastores de Fátima.

“Pelas mãos de Maria, Francisco e Jacinta imergem na Luz, avivando assim, nas suas vidas, o dom e a interpelação que receberam no batismo”, acrescenta a informação também divulgada no seu sítio na internet.

CB/OC



Fátima Papa Francisco Fátima - Fátima ao longo de 100 anos Fátima - Papa Francisco em Fátima