Nacional

Igreja: Vinha de Raquel organiza retiro para «quem passou pela dor do aborto»

Agência Ecclesia
...

Lisboa, 25 ago 2014 (Ecclesia) – A ‘Vinha de Raquel’ vai promover um retiro para ajudar quem “passou pela dor do aborto” e precisa de “fazer o luto”, de 26 a 28 de setembro, na região da grande Lisboa.

“Ninguém esquece um filho que não nasceu e a paz diante dessa circunstância só se encontra na plena aceitação do perdão sacramental, na possibilidade de fazer o luto e de perdoar a quem for necessário”, explica Maria José Vilaça, psicóloga e responsável pelo projeto “Vinha de Raquel”.

No comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, a responsável revela que “tudo é feito no fim-de-semana da Vinha de Raquel” através de “uma proposta de cura espiritual e psicológica que a Igreja tem para quem passou pela dor do aborto”.

Segundo Maria José Vilaça, “ninguém deixa de fazer o Retiro por se encontrar em situação de dificuldade económica” embora saibam que há muitas pessoas que de facto não podem pagar e apelam a quem “quiserem fazer um donativo para ajudar a estas situações”.

A Vinha de Raquel é uma obra que surgiu nos Estados Unidos da América fundada pela psicóloga Theresa Burke ao perceber que "o aborto é traumático na vida de uma mulher", podendo "não só desencadear uma doença como aliás favorecer o aparecimento ou o agravamento de qualquer outra coisa já existente”, explica a responsável em Portugal.

CB/OC