Nacional

Igreja/Sociedade: «Não há Portugal sem cristianismo» - Marcelo Rebelo de Sousa

Agência Ecclesia
...
DR
DR

Presidente da República assina prefácio da obra «Portugal Católico»

Lisboa, 21 nov 2017 (Ecclesia) - O presidente da República Portuguesa assina o prefácio da obra ‘Portugal Católico’, que vai ser hoje apresentada de Lisboa, sustentando que “não há Portugal sem cristianismo”.

“Os cristãos – e, dentro deles, os católicos – estiveram presentes em todos os lances da nossa historia – da afirmação da independência a expansão pelos oceanos e a chegada a outros continentes, da construção do Imperio a descolonização, da monarquia a república, das ditaduras a democracia”, escreve Marcelo Rebelo de Sousa.

A obra ‘Portugal Católico’, com cerca de 800 páginas, representa, segundo os coordenadores do projeto, “uma radiografia abrangente da Igreja Católica” e “uma espécie de dicionário enciclopédico do catolicismo contemporâneo português”.

“O presidente da Republica Portuguesa, que se orgulha de ser católico, mas representa todos os Portugueses, sem discriminações ou marginalizações, reconhece a importância desta obra e, acima de tudo, o mérito da realidade que ela se propõe retratar”, observa Rebelo de Sousa, no prefácio do livro.

O chefe de Estado recorda o papel desempenhado pelos católicos “ao serviço de uma visão personalista, humanista e ecuménica, que perdurou ate hoje”.

“Algumas vezes, arrogantes e intolerantes, como na Inquisição, ou incompreendidos e perseguidos, como nalguns períodos anticlericais e antirreligiosos. Mas, no seu todo, e na sua diversidade, os católicos uniram o seu destino ao da pátria comum”, prossegue.

Marcelo Rebelo de Sousa realça que a obra foi concebida como presente ao Papa Francisco, o Papa “das periferias mais esquecidas, menosprezadas ou exploradas”, por ocasião da sua visita a Fátima, “ponto secular de encontro de gentes de todo o mundo, sequiosas de paz e fraternidade, no tempo e para além dele”.

No livro ‘Portugal Católico’ abordam-se temas do âmbito da teologia, da pastoral, do eclesial, da medicina, da política, da justiça, da sociedade, do ambiente, da música, da arte, da comunicação social, do turismo, da educação, da solidariedade e do desporto.

Uma edição especial foi entregue ao Papa Francisco, a 20 de setembro; esta tarde, o livro  é lançado na Aula Magna da Reitoria da Universidade de Lisboa pelo cardeal-patriarca e presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, D. Manuel Clemente, e pelo presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

A sessão conta ainda com a atuação dos artistas Rão Kyao, Cuca Roseta e Teresa Salgueiro.

Novas sessões de apresentação vão decorrer a 28 de novembro, no Porto, no Palacete Araújo Porto, pelas 17h30, e em Braga no dia 30, no Museu Pio XII, a partir das 21h15.

OC



Publicações Igreja/Cultura