Nacional

Braga: Marcelo Rebelo de Sousa em iniciativa da arquidiocese que quer dar «horizontes mais amplos» à sociedade

Agência Ecclesia
...

Presidente da República vai abrir 3.º ciclo de conferências «Nova Ágora»

Braga, 09 fev 2017 (Ecclesia) – A 3.ª edição do ciclo de conferências ‘Nova Ágora’, da Arquidiocese de Braga, vai ser aberta pelo presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, numa iniciativa que visa fomentar a “inteligência coletiva” na resposta aos desafios da sociedade.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, o coordenador do evento, padre Eduardo Duque, realça a necessidade de “contribuir para uma sociedade de horizontes mais amplos”, numa realidade atual marcada pela “instabilidade” e que muitas vezes impede “qualquer tipo de previsão dos processos pessoais e sociais”.

“Gostaríamos que a Nova Ágora contribuísse para gerar capital coletivo, diálogo entre diferentes, capaz de, em conjunto, resolver conflitos, desenhar novas práticas, trazer novas experiências, dar presente a quem no presente não encontra futuro”, realça aquele responsável.

A sessão introdutória do ciclo de conferências está marcada para dia 17 de fevereiro, às 21h00 no Auditório Vita, (Rua de S. Domingos, 94 C), em Braga, e estará a cargo do presidente da República Portuguesa.

Marcelo Rebelo de Sousa vai participar nesta iniciativa com a conferência ‘Cristãos e Democracia: um testemunho’.

Para o padre Eduardo Duque, é essencial formar hoje as pessoas para “uma vida mais autêntica” e empenhada em valores como “a dignidade do outro”, evitando que “ideologias sedutoras ceguem a sociedade”.

E isso não se consegue apenas no meio da panóplia atual de “tecnologia”, da “informação” ou das “redes sociais”, é preciso “muito mais do que isto”.

Nesse sentido, “a Nova Ágora pretende contribuir para a formação das pessoas” pondo “em diálogo diferentes perspetivas, olhares cruzados sobre uma mesma realidade, porque a vida é sempre nova, mesmo quando parece que a sociedade da informação já a secou por completo”, frisa o sacerdote.

Depois da intervenção de Marcelo Rebelo de Sousa, o ciclo de conferências ‘Nova Ágora’ vai prosseguir nos dias 17, 24 e 31 de março com mais três temas para refletir: Multiculturalismo, Saúde e Qualidade de Vida, e a Era Digital.

Três painéis distintos que vão contar com a participação de oradores como Ângelo Correia, Francisco Seixas da Costa e João Cardoso Rosas; Leonor Beleza, Sobrinho Simões e Maria do Céu Patrão Neves; e José Durán Vásquez, António Dias Figueiredo e Alexandre Castro Caldas, respetivamente.

O projeto ‘Nova Ágora’, da Arquidiocese de Braga começou em 2015 com olhares sobre a Economia, a Cultura e a Política, e um ano depois teve em cima da mesa as áreas do Trabalho, da Educação e da Arte.

Por esta ‘mesa de debate’ já passaram figuras como o atual secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, o selecionador campeão europeu de futebol, Fernando Santos, e o já falecido neurocirurgião e ‘Prémio Pessoa’ João Lobo Antunes.

JCP



Diocese de Braga