Nacional

Incêndios: Cáritas diocesanas organizam ajuda para as populações

Agência Ecclesia
...
Foto: Lusa
Foto: Lusa

Recolhas de donativos e vestuário decorrem em vários pontos do país

Lisboa, 19 jun 2017 (Ecclesia) - As Cáritas das várias dioceses portuguesas estão a organizar recolhas de donativos e vestuário para as populações atingidas pelo incêndio que deflagrou este sábado em Pedrógão Grande, provocando mais de 60 mortes, dezenas de feridos e elevados danos materiais.

A Cáritas Diocesana de Leiria-Fátima informou hoje em comunicado enviado à Agência ECCLESIA que enviou para o local “1500 peças de roupa, entre atalhados, lençóis, roupa de criança e adulto e calçado”, e 20 colchões tripartidos para os bombeiros que atuam no terreno.

Para apoio imediato às “primeiras necessidades” que afetam as populações, a Cáritas Portuguesa já disponibilizou uma verba de 200 mil euros, a que se somam 100 mil euros da Cáritas Diocesana de Coimbra, 40 mil da Cáritas Diocesana de Lisboa, 10 mil da de Leiria-Fátima e 5 mil da Cáritas Diocesana de Viana do Castelo.

A Cáritas de Lisboa decidiu ainda canalizar as doações que venha a receber nos próximos três meses “para o mesmo fim”, adianta numa nota divulgada hoje.

Os incêndios que atingiram de “forma dramática” as populações de Pedrógão Grande, Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos e outras zonas de Portugal Continental levam a Cáritas Portuguesa a avançar com a abertura de uma conta solidária para apoiar todas as vitimas dos incêndios.

A conta 'Cáritas com Portugal abraça vítimas dos incêndios' tem o número 0001 200000 730 e o IBAN PT50 0035 0001 00200000 730 54, na Caixa Geral de Depósitos.

Na Diocese de Bragança-Miranda, os sacerdotes foram convidados a colaborar com a Cáritas local, "mobilizando as paróquias no sentido de conseguirmos que todos dêem o seu contributo, na medida do possível".

"É urgente acudir a esta situação. Estas famílias perderam todos os seus haveres, tudo que ao longo da vida, construíram com grande sacrifício", refere a instituição de solidariedade e ação humanitária.

A Cáritas Diocesana de Leiria-Fátima, que acompanha a situação junto da Cáritas de Coimbra, encontra-se hoje a recolher fraldas de bebé e de adulto, papas e leite em pó, além dos atoalhados e roupa de bebé e de criança.

Também a Cáritas Diocesana de Setúbal respondendo a um apelo urgente da Cáritas Portuguesa, pede a entrega de lençóis, atoalhados, cobertores de verão e roupa de criança, até às 11h00 de terça-feira.

De acordo com Domingos Sousa, presidente da Cáritas Diocesana de Setúbal, estes bens deverão chegar na terça-feira a Pedrógão, sendo o seu transporte assegurado pela organização católica.

A entrega de bens pode ser feita no Centro Social São Francisco Xavier (Praça Teófilo Braga 13, 2900-647 Setúbal) e no Centro Social Nossa Senhora da Paz (Avª Francisco Fernandes, Bela Vista 2910 -062 Setúbal).

A Cáritas Europa associou-se aos esforços em curso no território português, manifestando-se “horrorizada” pela dimensão dos fogos.

“Juntamo-nos à Cáritas Portuguesa nas suas orações e trabalho pelos que foram afetados por esta calamidade. Apoiemos os seus esforços”, refere a instituição, numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

OC



Caritas