Nacional

Incêndios: Cáritas promove recolha de lençóis e roupa de criança

Agência Ecclesia
...
Foto: Lusa
Foto: Lusa

Entregas podem ser feitas nas sedes diocesanas a partir de segunda-feira

Lisboa, 18 jun 2017 (Ecclesia) – A Cáritas Portuguesa vai promover uma recolha de roupa de cama, atoalhadas e vestuário de crianças para responder à “situação de emergência” provocada pelos incêndios que afetam várias zonas do país.

Em comunicado enviado à Agência ECCLESIA, a organização católica recorda que muitas famílias foram obrigadas a abandonar as suas casas.

“Estas pessoas estão a ser acolhidas em locais provisórios”, refere a nota de imprensa.

Os “lençóis e cobertores de verão, atoalhados e roupa de criança” podem ser entregues nas Cáritas Diocesanas, a partir desta segunda-feira.

“Porque é uma resposta de emergência, não há condições de se fazer qualquer tipo de triagem pelo que se apela a que todos os bens estejam em condições de utilização imediata”, assinala a organização.

A Cáritas Portuguesa e a Cáritas Diocesana de Coimbra acompanham no terreno as populações de Pedrógão Grande, Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos, tendo disponibilizado já uma verba de apoio (200 mil euros) para ajuda de emergência, a que se somou a abertura de uma conta solidária, 'Cáritas com Portugal abraça vítimas dos incêndios'.

“A dimensão dantesca que os incêndios atingiram nas últimas horas, com um número de vítimas trágico, exige gestos concretos com uma demonstração inequívoca de solidariedade nacional”, defende a Cáritas Diocesana de Coimbra.

A instituição está pronta para prestar apoio ao nível da alimentação, instalações provisórias para alojamento e apoio psicossocial às vítimas.

A ministra da Administração Interna disse hoje aos jornalistas que o balanço do incêndio que deflagrou no sábado em Pedrógão Grande se mantém em 61 mortos, registando-se 62 feridos, dois deles em estado grave.

Entre os operacionais registam-se dez feridos, quatro deles em estado grave, acrescentou Constança Urbano de Sousa.

Várias organizações católicas estão a promover recolhas de bens essenciais, como acontece no Colégio de São João de Brito (Jesuítas), em Lisboa, este domingo, para ajudar os bombeiros na frente de combate ao fogo.

O Conselho de Ministros aprovou hoje o Decreto que declara luto nacional nos dias 18, 19 e 20 de junho, "pelas vítimas do incêndio que deflagrou no Município de Pedrógão Grande e afetou vários concelhos" portugueses, "provocando a perda irreparável de vidas humanas".

OC



Caritas Incêndios