Nacional

Movimentos: Focolares assinalam 50 anos de presença em Portugal

Agência Ecclesia
...

Festa de encerramento das bodas de ouro decorre em Fátima

Alenquer, 27 out 2016 (Ecclesia) – O Movimento dos Focolares conclui a celebração dos 50 anos de presença em Portugal no dia 6 de novembro, com uma concentração em Fátima.

Um comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA destaca a presença de “várias personalidades civis e religiosas e amigos que pretendam associar-se ao evento”, que vai compreender uma “missa de agradecimento”, a decorrer no Centro Pastoral Paulo VI, às 11:30 horas, um almoço e um momento festivo.

A entrada do Movimento dos Focolares em Portugal deu-se no dia 21 de fevereiro de 1966, quando duas jovens focolarinas, Conceição Lins e Gehilda Cavalcanti, chegaram a Santa Apolónia, em Lisboa, para abrir o primeiro focolar, contando, meses depois, com dois focolarinos oriundos do Brasil.

Em 50 anos de presença em Portugal, “o carisma da unidade difundiu-se por todo o continente, pelo arquipélago dos Açores e ilha da Madeira, acompanhado de inúmeras graças espirituais e frutos evangélicos”, destaca o comunicado.

A festa de conclusão tem por objetivo “assinalar o dom inestimável que recebeu de Deus”, sendo também um “momento de gratidão a Maria, que com a sua presença materna, acompanhou cada passo de uma aventura divina, sem precedentes”.

O Movimento dos Focolares teve início em 1943, pelas mãos de Chiara Lubich que, num contexto da Segunda Guerra Mundial e num cenário de destruição, ajudou a criar uma “corrente de espiritualidade baseada no amor evangélico: a espiritualidade da unidade ou de comunhão”.

LS



Apostolado dos Leigos Focolares