Nacional

Páscoa: Festa das Tochas Floridas transforma São Brás de Alportel

Agência Ecclesia
...
Foto: Folha do Domingo
Foto: Folha do Domingo

Manifestação popular na localidade algarvia celebra ressurreição de Jesus

São Brás de Alportel, Faro, 26 mar 2016 (Ecclesia) – A localidade algarvia de São Brás de Alportel vai acolher este domingo a Festa das Tochas Floridas, tradição de Páscoa com que se celebra a ressurreição de Jesus.

A procissão conta com a participação de milhares de pessoas, incluindo emigrantes e turistas, após a Missa das 10h00 na igreja matriz.

Os andores dão lugar às flores que ornamentam as tochas e as ruas, explica o jornal diocesano ‘Folha do Domingo’, em no ta enviada à Agência ECCLESIA.

Ao longo da estrada há ainda bandeiras vermelhas e brancas, colchas penduradas às janelas e lonas com a imagem de Cristo ressuscitado.

Ao longo do cortejo, também conhecido como Procissão do Aleluia, reúnem-se em pequenos grupos para, alternadamente, levantarem o grito do “aleluia”.

“Um tapete com dois quilómetros de flores cobre o chão com símbolos, descrevendo o percurso da procissão com cores e aromas de funcho, rosmaninho, alecrim, alfazema e flores silvestres, que louvam a ressurreição de Cristo”, assinala o ‘Folha do Domingo’.

Para a obra, num trabalho que resulta de uma centena de voluntários, são precisas cerca de três toneladas de flores.

O padre Afonso Cunha Duarte, vigário paroquial de São Brás de Alportel, historiador e irmão do prior, explica que “esta procissão foi outrora popular em todo o Algarve”, realizando-se presentemente também ainda em Portimão.

Com a implantação da República esta situação, que era comum em todas as paróquias, alterou-se, pois as manifestações públicas foram proibidas.

Com a ida do padre José Cunha Duarte para a paróquia de São Brás de Alportel, em 1981, a festa foi recuperada e nunca mais cessou.

“O bispo de então pediu-me para restaurar a tradição e todos os anos se organiza a Procissão das Tochas em todo o seu esplendor”, refere o pároco ao jornal diocesano.

OC



Diocese do Algarve