Nacional

Publicações: Biografia oficial da Irmã Lúcia para crianças chega às bancas

Agência Ecclesia
...

«Lúcia, a vida da pastorinha de Fátima» é apresentado em Coimbra

Lisboa, 13 fev 2016 (Ecclesia) – A escritora Thereza Ameal assina o livro ‘Lúcia, a vida da pastorinha de Fátima’, uma biografia oficial da vidente e religiosa carmelita para crianças, que vai ser apresentada hoje e chega às livrarias em março.

À Agência ECCLESIA, a autora revela que a Causa da Beatificação da Irmã Lúcia lhe “pediu para escrever” a biografia oficial direcionada para crianças, no âmbito do processo de beatificação e no contexto do Centenário das Aparições de Fátima, em 2017.

“Foi uma honra e uma alegria incríveis, mas também um enorme desafio”, começa por recordar a escritora Thereza Ameal, destacando que “foi tudo uma aventura”.

“Transmitir a Mensagem de Fátima de forma teologicamente correta mas em linguagem simples para crianças; falar da conversão da Rússia a uma geração que nasceu depois da queda do muro de Berlim e, até, tentar contar a sua vida no silêncio do Carmelo, nesta época acelerada de som e imagem”, exemplifica a autora.

O livro ‘Lúcia, a vida da pastorinha de Fátima’ tem a chancela da Editora Lucerna e vai ser apresentado pelas 15h30, no Memorial da Irmã Lúcia, junto ao Carmelo de Santa Teresa, em Coimbra

A escritora Thereza Ameal refere ainda que pessoalmente gostou “imenso de conhecer melhor a irmã Lúcia” e de descrever muitos “episódios surpreendentes” da sua vida depois das Aparições.

A irmã Lúcia de Jesus (1907-2005) viveu 57 anos de vida carmelita e encontra-se sepultada na Basílica de Nossa Senhora do Rosário, no Santuário de Fátima.

Foi uma das três crianças (juntamente com os beatos Francisco e Jacinta) que entre maio e outubro de 1917 testemunharam seis aparições de Nossa Senhora na Cova da Iria, segundo os seus testemunhos, reconhecidos pela Igreja Católica.

Em 2008, o Papa Bento XVI abriu o processo de beatificação da vidente, depois de aceitar o pedido de dispensa do período de espera de cinco anos após a morte.

CB/OC



Publicações