Vaticano

Ecumenismo: Papa recebeu prémio da Aliança Evangélica Mundial

Agência Ecclesia
...

Cidade do Vaticano, 14 nov 2014 (Ecclesia) – O Papa Francisco recebeu do secretário-geral da Aliança Evangélica Mundial o Prémio ‘Shahbaz Bhatti pela Liberdade’, instituído em memória do ministro cristão do Paquistão assassinado em 2001, pelo trabalho desenvolvido.

“Reconhecemos que estamos numa nova era e este é um dado de facto na Igreja Católica. Encontramo-nos continuamente a discutir questões teológicas, mas trabalhamos juntos sobre questões que dizem respeito à humanidade inteira, porque creio que temos responsabilidades neste momento”, disse Geoff Tunnicliffe.

“Todo o trabalho que o Papa está a fazer mostrou que é uma pessoa de paz”, observou o secretário-geral da Aliança Evangélica Mundial.

O Prémio "Shahbaz Bhatti pela Liberdade" deve o nome ao ministro católico do Paquistão assassinado em 2001: Shahbaz Bhatti foi o primeiro católico a ser nomeado pelo Conselho dos Ministros no Paquistão e era ministro para as Minorias.

“Procurava criar um diálogo em relação à lei sobre a blasfémia”, acrescentou Geoff Tunnicliffe explicando que Shahbaz Bhatti foi ameaçado pelo chefe dos talibãs, no Paquistão, e era o “único ministro que não tinha um automóvel à prova de balas”.

“Decidimos levar adiante iniciativas em favor da paz e criar um Prêmio anual em sua memória, a ser entregue àqueles que se empenhassem em prol da liberdade, da paz e em favor dos perseguidos”, desenvolveu.

O Papa Francisco recebeu uma delegação da Aliança Evangélica Mundial, no dia 6 de novembro, e disse que confia que o Espírito Santo “possa inaugurar uma nova etapa nas relações entre católicos e evangélicos”.

A Aliança Evangélica Mundial é uma rede de igrejas presentes em 129 países, congregando mais de 600 milhões de pessoas.

RV/CB/OC