Vaticano

EUA: Papa responde às críticas de Donald Trump e diz que este «não é cristão»

Agência Ecclesia
...
EPA
EPA

Em causa posições divergentes sobre política de imigração

Lisboa, 18 fev 2016 (Ecclesia) - O Papa respondeu hoje às críticas de Donald Trump, pré-candidato republicano à presidência dos EUA, que pretende construir um muro na fronteira para evitar a imigração ilegal.

Francisco disse aos jornalistas que o acompanharam no voo de regresso do México que construir muros e não pontes “não é cristão”.

“Uma pessoa que só pensa em fazer muros, seja onde for, em vez de fazer pontes, não é cristão. Isso não é do Evangelho”, referiu, citado pela Renascença, que acompanhou a viagem de cerca de 12 horas até Roma.

Na sua campanha pela nomeação republicana às eleições presidenciais norte-americano, Trump tem defendido o fim da imigração ilegal, tendo acusado Francisco de não “compreender o perigo” da “fronteira aberta” com o México”.

O Papa foi questionado sobre se os eleitores devem ou não votar no candidato em causa, que criticou Francisco por ter rezado pelos migrantes e celebrado uma Missa em Ciudad Juárez, México, junto à fronteira com os EUA.

“Sobre votar ou não votar, não interfiro; digo apenas que este homem não é cristão. Se é que ele disse isto assim; é preciso apurar se ele disse mesmo assim. Por isso, dou-lhe o benefício da dúvida”, respondeu.

Donald Trump está em campanha para ser o candidato republicano às eleições presidenciais que decorrem em novembro, nos Estados Unidos da América.

Na Missa a que presidiu em Ciudad Juárez, o Papa denunciou  a “tragédia humana” das migrações e recordou as vítimas do tráfico de pessoas.

RR/OC



América Papa Francisco