Vaticano

Igreja/Media: Papa chega aos 40 milhões de seguidores no Twitter

Agência Ecclesia
...

Vaticano dá conta de aumento significativo no último mês

Cidade do Vaticano, 11 out 2017 (Ecclesia) - A conta do Papa na rede social Twitter, ‘@pontifex’,atingiu a marca de 40 milhões de seguidores, com mais de 3 milhões em língua portuguesa, revelou hoje a Rádio Vaticano.

Há um ano, os seguidores 31 milhões e, segundo a emissora pontifícia, este aumento “comprova a atenção de pessoas cristãs e não cristãs, lideranças políticas e representantes da cultura pelos tweets do pontífice”.

Francisco assinou mais de 1300 ‘tweets’ (alguns apenas numa língua) desde o início do pontificado em março de 2013, lançando vários apelos e resumindo catequeses, homilias e outras intervenções públicas.

A conta do Papa tem atualmente páginas em nove línguas: português, espanhol, inglês, italiano, francês, polaco, latim, alemão e árabe.

O português surge em quarto lugar em relação ao maior número de seguidores.

A conta ‘@pontifex’ foi inaugurada a 12 de dezembro de 2012 por Bento XVI; o agora Papa emérito tinha cerca de 3 milhões de seguidores quando terminou o seu pontificado, após renunciar ao mesmo, no dia 28 de fevereiro de 2013.

O Twitter é a ferramenta de microblogging mais difundida no mundo das comunicações virtuais, com centenas de milhões de utilizadores.

Desde 19 de março de 2015, o Papa Francisco está também presente no Instagram com a conta ‘@Franciscus’, que recentemente chegou aos 5 milhões de seguidores.

A coordenação das contas nas redes sociais é responsabilidade da Secretaria para a Comunicação da Santa Sé (SPC), em parceria com a Secretaria de Estado do Vaticano.

De acordo com o prefeito da SPC, monsenhor Dario Viganó, o Papa “controla minuciosamente todos os tweets que são publicados”.

“Francisco define-se como um avô, distante das novas tecnologias, mas intui que existe um mundo, dos novos media, que é feito de pessoas”, acrescentou o responsável.

OC



Papa Francisco