Vaticano

Turim: Sudário é «ícone» do amor de Jesus, diz o Papa

Agência Ecclesia
...
(Lusa)
(Lusa)

Francisco recordou bicentenário do nascimento de São João Bosco

Turim, Itália, 21 jun 2015 (Ecclesia) – O Papa disse hoje em Turim que o Santo Sudário, em exposição na catedral da cidade italiana, é um “ícone” do amor de Jesus, que continua a atrair “muitas pessoas” para ali o venerarem.

Horas depois de ter rezado em silêncio diante do Sudário e de lhe ter tocado, Francisco sublinhou que este remete para “o rosto e o corpo martirizado de Jesus”.

“Ao mesmo tempo, [o Sudário] leva-nos para o rostode cada pessoa que sofre e é injustamente perseguida,impele-nos na mesma direção do dom de amor de Jesus”, acrescentou, antes da recitação do ângelus perante dezenas de milhares de pessoas numa praça da capital da região piemontesa.

Francisco apresentou-se como “neto” da “terra abençoada” do Piemonte, norte da Itália, de onde eram originários os seus avós e pais que imigraram para a Argentina.

A visita decorre no bicentenário do nascimento de São João Bosco (1815-1888), fundador da Sociedade de São Francisco de Sales, os Salesianos, família religiosa vocacionada para a educação de jovens órfãos e necessitados.

“Recordando o ardor apostólico dos muitos sacerdotes santos desta terra, a partir de Dom Bosco, do qual recordamos o bicentenário do nascimento, saúdo-vos com gratidão, sacerdotes e religiosos. Vós dedicai-vos com empenho ao trabalho pastoral e estais próximos das pessoas e dos seus problemas”, disse Francisco.

O Papa concluiu com uma oração à Virgem Maria pelos habitantes de Turim, “para que possam viver na justiça, na paz e na fraternidade”.

“Em particular, confio-lhe as famílias, os jovens, os idosos, os presos e todos os que sofrem, com um pensamento especial pelos doentes de leucemia, nesta Jornada Nacional contra a leucemia, linfomas e mielomas”, concluiu.

OC



Papa Francisco