Vaticano

Vaticano: Papa apela ao uso da diplomacia em vez da força

Agência Ecclesia
...

Francisco recebe diplomatas de seis países e rejeita ódio religioso

Cidade do Vaticano, 18 mai 2017 (Ecclesia) - O Papa Francisco apelou hoje ao uso da “paciência corajosa do diálogo e da diplomacia” para superar conflitos internacionais, em vez do recurso à força, e condenou quem estimula o ódio religioso.

“A quem deturpa assim a imagem de Deus, se oponha um empenho conjunto para mostrar que se honra o seu nome ao salvar vidas, e não matando-as, levando reconciliação e paz, e não divisão e guerra, com a misericórdia e a compaixão e não com a indiferença e a brutalidade”, disse, ao receber no Vaticano os novos embaixadores de Cazaquistão, Mauritânia, Nepal, Níger, Sudão e Trinidade e Tobago.

Francisco manifestou preocupações com o atual cenário internacional e com um sistema económico que responde apenas aos “exagerados apetites de poucos”.

“Que o homem – e não o dinheiro – volte a ser a finalidade da economia!”, exortou.

O Papa concluiu o seu discurso fazendo uma saudação especial às comunidades católicas dos referidos países, para que ofereçam o seu “generoso contributo para o bem comum”.

OC



Papa Francisco