Francisco enviou mensagem aos adeptos e a todos os que vão participar na competição

Cidade do Vaticano, 13 jun 2018 (Ecclesia) – O Papa Francisco enviou hoje uma mensagem a todos os que vão participar no Mundial de Futebol da Rússia e aos adeptos, desejando que o campeonato seja uma “oportunidade de encontro” entre culturas e religiões.

“Que esta importante manifestação desportiva se possa tornar uma ocasião de encontro, de diálogo e de fraternidade entre culturas e religiões diferentes, favorecendo a solidariedade e a paz entre as nações”, disse, no final da audiência pública semanal que decorreu na Praça de São Pedro.

O Papa recordou perante visitantes e peregrinos de vários países que o Mundial de 2018 se inicia esta quinta-feira.

“Desejo enviar a minha cordial saudação aos jogadores e aos organizadores, bem como aos que vão seguir através dos meios de comunicação social este evento, que supera todas as fronteiras”, declarou.

A seleção nacional de Portugal é uma das 32 equipas que vai disputar a competição.

A relação entre Igreja e Desporto esteve no centro da mais recente emissão do programa ‘70×7’ (RTP2), este domingo.

O jornalista César Maurício Velásquez, autor do livro ‘Futebol com Alma’, disse à Agência ECCLESIA que o Papa Francisco tem sido uma voz de referência na defesa do desporto como fonte de “encontro” e respeito pela dignidade humana.

“Há algo muito importante, que o Papa Francisco quis: Que o futebol se transforme num ponto de encontro social, respeitador da dignidade do ser humano”, disse o autor colombiano, que passou por Portugal para apresentar a sua obra, a partir de conversas com o pontífice e com antigos futebolistas como Di Stefano ou Javier Zanetti.

OC

Partilhar:
Share