Mercado no Campo de Sharia, Em Terras do Curdistão

A Irmã Irene Guia, Escrava do Sagrado Coração de Jesus, chegou ao Curdistão Iraquiano a 10 de setembro de 2016 para ali implementar o Serviço Jesuíta aos Refugiados. Durante 17 meses viveu e conheceu cristãos, muçulmanos e yazidis e em todos os deslocados internos quis descobriu a dignidade humana. Esta semana a religiosa recorda à Ecclesia momentos, partilhas e a certeza de que a paz se constrói em conjunto.

 

Partilhar:
Share