José Pedro Reis integra a equipa que preparou tudo para acolher e integrar uma equipa de refugiados, na Unidade Pastoral de Nova Oeiras e São Julião da Barra, no Patriarcado de Lisboa.

Uma experiência que concretiza um dos pontos de reflexão do sínodo dos bispos, “acolher os migrantes e o diálogo entre culturas”.

Partilhar:
Share