Iniciativa marca Semana dos Seminários na Diocese de Angra

Angra do Heroísmo, Açores, 09 out 2018 (Ecclesia) – O reitor do Seminário Episcopal de Angra afirma que “é tempo e oportunidade para que a diocese abrace o seu Seminário”, num ambiente de “oração, generosidade, partilha” e se dê a conhecer a sua necessária existência.

Num artigo enviado hoje à Agência ECCLESIA, o padre Hélder Miranda Alexandre explica que o seminário “suspende as suas atividades” para que os seminaristas partam em missão, “a diversas Ouvidorias e Ilhas, às escolas, catequeses, grupos de jovens, comunidades cristãs”.

O Seminário Episcopal de Angra vai interromper a atividade normal apenas entre este domingo, dia 11, e 18 de novembro para a Semana dos Seminários 2018 que tem como tema ‘Formar discípulos missionários’.

O reitor da instituição de formação informa que no Arquipélago dos Açores vão realizar-se “várias Vigílias de Oração”, como a que inicia a Semana dos Seminários, já este sábado, pelas 20h00, na igreja de Santa Luzia da Praia da Vitória, e destaca ainda encontros de Pré-Seminário nas ilhas de São Miguel e Terceira.

O seminário da Diocese de Angra no atual ano pastoral conta com 22 seminaristas: Um da Ilha das Flores, um da Ilha do Faial, dois da Ilha do Pico, dois da Ilha de São Jorge, um da Ilha Terceira e quinze da Ilha de São Miguel.

Segundo o reitor, “os tempos das colheitas abundantes de outrora já não voltam” mas é necessário “nunca deixar o entusiasmo de pedir ao Senhor da Messe”.

“O Seminário é lugar privilegiado que perpetua na história este tempo único e inesquecível do encontro com o Mestre da escola divina”, assinala o padre Hélder Miranda Alexandre.

O Seminário Episcopal de Angra celebra hoje 156 anos de existência, foi fundado a 9 de novembro de 1862.

No sítio online da Diocese de Angra, o seu bispo publicou a mensagem ‘Comunidade evangelizada em comunhão missionária’ no contexto da Semana dos Seminários 2018.

D. João Lavrador explica que a formação no seminário deve “obedecer” a quatro características: “Única, integral, comunitária e missionária”.

“Exorto os cristãos, as famílias, as comunidades cristãs, os grupos de jovens, a catequese, os alunos da Religião Moral Católica nas escolas, os movimentos, a valorizarem esta semana através da oração, pela reflexão, proporcionando um discernimento vocacional às crianças, adolescentes e jovens, e dando graças a Deus pelo dom do nosso seminário”, escreveu.

A Vigararia Nascente, na ilha de São Miguel, vai dinamizar um encontro de pré-seminário, para rapazes a partir dos 12 anos de idade, entre as 10h00 e as 14h00, dia 17 deste mês, na Paróquia de Santa Cruz.

CB

Partilhar:
Share