«Eu posso!» desafia alunos a marcar ação no próximo ano letivo 2018/2019

Lisboa, 06 jul 2018 (Ecclesia) – O Secretariado Nacional de Educação Cristã (SNEC) anunciou uma nova iniciativa dedicada à relação com o ambiente, que vai apoiar “os projetos educativos” das Escolas Católicas e a disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC).

“O primeiro objetivo é ajudar as crianças a olhar para a realidade e tomá-la como seu. O segundo ponto é criarem projetos de acordo com a sua realidade. Em terceiro lugar pretende-se que as crianças e jovens ajam sobre a realidade”, explicou Elisa Urbano, do Departamento da Escola Católica no SNEC.

Numa nota enviada hoje à Agência ECCLESIA, pelo secretariado da Igreja Católica, a docente salientou que a iniciativa vai permitir aos mais novos “exercitar” quatro competências básicas e essenciais no processo de ensino-aprendizagem: “Pensamento crítico, criatividade, colaboração e comunicação”.

O último ponto do projeto ‘Eu posso!’ é dedicado a “partilhar”, com recurso às redes sociais.

Elisa Urbano disse na reunião de secretariados diocesanos da EMRC e da Escola Católica, realizada hoje em Fátima, que o projeto nasceu na Índia, em 2008, com o objetivo de “alterar a relação com o meio ambiente, tornando as crianças e os jovens protagonistas desta mudança”.

O novo projeto é apoiado internacionalmente pela Oficina Internacional da Educação Católica (OIEC) e é também um concurso, no qual as crianças e os jovens “defrontam o desafio” da Encíclica Papal ‘Laudato Si’.

Neste momento, existe um sítio online em português com informações, nomeadamente sobre o ‘No Design for Change’ para alunos do 1.º, 2.º e 3.º ciclos, dos 8 e os 15 anos.

“As escolas e os docentes podem obter mais informações, o regulamento da participação, a fundamentação teórica do projeto e os prémios a atribuir pela organização”, destacou o professor Dimas Pedrinho, membro da equipa nacional de EMRC.

CB/OC

Partilhar:
Share