«Através deste movimento podemos de facto chegar às famílias» – Cónego Gregório Rocha

Foto: Igreja Açores

Angra do Heroísmo, Açores, 14 jul 2018 (Ecclesia) – A Diocese de Angra informa que 11 casais e um sacerdote vão participar no Encontro Internacional das Equipas de Nossa Senhora, com cerca de 8500 participantes de 92 países, de 16 a 21 de julho, em Fátima.

“Espero conhecer um pouco mais da dinâmica internacional deste movimento e a partir desse conhecimento ser capaz de trazer o entusiasmo e algo de proveitoso para os que cá ficam e não podem ir a Fátima”, disse o conselheiro da equipa responsável pelo sector Açores Centro.

Em declarações ao sítio online ‘Igreja Açores’, o cónego Gregório Rocha revelou que as expetativas para o encontro “são grandes”.

“Julgo que através deste movimento podemos de facto chegar às famílias”, observou.

‘Reconciliação, sinal de amor’ é o tema do encontro que tem como orador principal D. José Tolentino de Mendonça, que todas as manhãs vai apresentar uma meditação com base num versículo do Evangelho da passagem do «Filho Pródigo» que remetem para cinco temas: Liberdade, dissipação, arrependimento, misericórdia e festa.

Da Diocese de Angra, para além do sacerdote, participam 11 casais: Oito são da ilha Terceira, onde o movimento das Equipas de Nossa Senhora (ENS) tem 21 equipas, e três viajam de São Miguel, ilha que tem nove equipas.

Vão estar em Fátima cerca de 8500 participantes, de 92 países, e o cónego Gregório Rocha que vai participar pela primeira vez num encontro mundial deste movimento assinala que ao “partilhar experiências e conhecendo outras realidades” podem levar “algo de novo”.

“Queremos dar visibilidade e ser testemunho público de que é possível viver em casal e em família”, afirmou, por sua vez, o casal Moura Soares, responsável internacional das ENS, em declarações à Agência ECCLESIA.

O casal responsável pelo movimento na Região Açores já participou duas vezes no encontro mundial – Brasília e Roma – e considera que “é uma experiência muito importante para crescerem dentro do movimento”.

Mário Jorge e Ana Cabral que têm a expectativa “em alta” explicam que através de contactos com outras realidades podem “ganhar outro ânimo”.

“À medida que vamos conhecendo o Movimento e a sua dinâmica ficamos cada vez mais entusiasmados”, realçou Mário Cabral sobre as Equipas (de casais) de Nossa Senhora que chegaram à Diocese de Angra há quase seis décadas, informa o sítio ‘Igreja Açores’.

Do programa do encontro mundial destaca-se, por exemplo, a conferência do presidente do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral (Santa Sé), o cardeal ganês Peter Turkson, sobre ‘Ecologia Humana: Fraternidade e Comunhão’, a 19 de julho.

Também participam o presidente da Conferência Episcopal Espanhola, D. Ricardo Blazquez, e o presidente da Conferência Episcopal Portuguesa e cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, que encerra o encontro com a conferência ‘A Alegria do Reencontro’, às 09h30, na Basílica da Santíssima Trindade.

Ao longo da próxima semana, o programa Ecclesia, na Antena 1 da RDP, é dedicado ao Encontro Internacional das Equipas de Nossa Senhora com o testemunho de diversos casais, entre 16 e 20 de julho, às 22h45.

CB

Partilhar:
Share