P. Francisco Mota, sj

Ponto SJ lança hoje uma iniciativa que junta cinco figuras da vida política, de diferentes áreas ideológicas. A cada uma foi pedido um texto para ajudar a refletir e preparar as próximas eleições. Textos serão publicados na próxima semana.

Em alturas que pedem um particular compromisso da parte dos eleitores, algumas conferências episcopais têm publicado cartas destinadas às igrejas dos países respetivos apelando ao exercício do voto e esclarecendo alguns dos assuntos em discussão. As duas cartas mais proeminentes dos últimos anos talvez sejam a publicada pela Conferência dos Bispos dos Estados Unidos da América em 2007 e a publicada pela Conferência dos Bispos de Inglaterra e País de Gales em 2010. O que ambas procuravam fazer era ajudar os cristãos a perceber o que estava em causa na eleição que se avizinhava, olhando para os desafios que se antecipavam à luz da tradição da Doutrina Social da Igreja. São cartas que merecem absolutamente ser lidas.

Na nossa realidade, enfrentamos agora também um período de grande importância com as eleições que se aproximam. Não por haver uma questão particular em jogo nas legislativas (seja ela moral ou económica), mas porque aí o País decidirá o que fazer com todos estes anos de esforço de combate à crise que em 2008 nos varreu. Esta é uma eleição onde muito está em jogo do ponto de vista da dívida externa nacional, por exemplo, ou da economia social, ou da crise de refugiados, entre outros temas. Por essa razão, parece-nos que preparar com seriedade as eleições que aí vêm é algo que deve ser uma responsabilidade de todos os cristãos – e queremos contribuir para que essa seriedade seja possível.

CONTINUAR A LER

Partilhar:
Share