Arquidiocese está a organizar o «Clericus Cup», o torneio nacional de futsal de padres

Braga, 26 jun 2018 (Ecclesia) – O arcebispo de Braga anunciou, na apresentação do próximo torneio de futsal ‘Clericus Cup’, que também quer “entrar em jogo” e está a preparar uma carta pastoral sobre o desporto que “tem de ser revalorizado”.

“O desporto, hoje em dia, tem de ser revalorizado porque se é interessante e se os resultados são também muito interessantes importa que vá readquirindo verdadeiro sentido e possa efetivamente ser um meio para a realização das pessoas humanas, e também para que as pessoas sejam efetivamente felizes”, disse D. Jorge Ortiga, esta segunda-feira, no Auditório Vita.

Na conferência de imprensa, transmitida online, o prelado referiu que “é altura de pensar numa Pastoral do Desporto” e informou que pretende apresentar a nova carta pastoral sobre o desporto dia 18 de julho, na festa do Beato frei Bartolomeu dos Mártires e no dia do 19.º aniversário da sua tomada de posse como bispo de Braga.

O arcebispo de Braga explicou que pretende enviar o novo documento “a todas as associações desportivas na arquidiocese, não como doutrina feita, intromissão”, num campo que não é o da Igreja Católica mas “como oportunidade” de “participar e dar contributo positivo à realidade do desporto”.

D. Jorge Ortiga explicou que na arquidiocese se procura fazer como a Santa Sé e o Papa, que “não desperdiçam oportunidades de pôr as pessoas a pensar sobre as realidades”, como é o caso do desporto, e recordou que foi publicado recentemente o documento ‘Dar o melhor de si’, que também está na sua reflexão como “apelo de dar o melhor não apenas como vertente física”.

A Arquidiocese de Braga está a organizar e vai receber a 13.ª edição do Torneio de Futsal ‘Clericus Cup’, entre 2 e 4 de julho.

“Devia ser oportunidade para que possamos ver qual o contributo da Igreja ao desporto fazendo com que seja desenvolvimento das capacidades físicas em gratuidade, a maior parte das vezes, e algumas em competição que enriquece, aproxima, une e não apenas que provoca divisão, cria problemas”, realçou.

Na intervenção intitulada ‘Indícios de uma pastoral do desporto’, o arcebispo primaz deseja que os sacerdotes “aproveitem” o evento para fazer com que “sirva essencialmente para revalorizar o desporto” e sejam “testemunho, exemplo”, passem uma mensagem para que “o desporto adquira verdadeiro sentido e significado”.

O selecionador nacional de Futsal, Jorge Braz, também participou na sessão publica e falou sobre ‘O desporto como meio de formação’ onde apresentou dois vídeos e num destacavam-se as palavras “equipa, confiança, resiliência, ambição, sonho” que relacionou com o desporto e com o dia-a-dia.

“Quando no dia-a-dia somos ambiciosos, solidários, temos confiança, sabemos que vão haver momentos difíceis mas não vamos deixar abalar o nosso percurso. Quando somos assim no dia a dia temos de ser felizes”, explicou.

Jorge Braz, aos sacerdotes jogadores cumprimentou pelo “exemplo que têm sido”, pelo “convívio” e pela competição nacional que “já é tradição e tanta gente fala”.

“A maioria das questões que a Igreja tanto defende – sermos solidários – é o que acontece muito numa equipa mas muitas vezes pomos em causa perante grandes dificuldades”, exemplificou o treinador católico.

Aos jovens, a quem se dirigiu em particular, observou que hoje têm “tanta facilidade, informação”, e opções, que parece que “têm dificuldades em orientar o percurso”.

O treinador campeão europeu de Futsal explicou que “saber tolerar e respeitar”, “comportar em equipa” são valores que ajudam “a crescer e vencer os maus momentos” e não tem “dúvidas que o desporto é excelente meio”.

“O desporto é um dos pilares base hoje da formação na sociedade”, afirmou, por sua vez, o vereador da Câmara Municipal de Braga, João Rodrigues, assegurando que o exercício da política “tem a finalidade da felicidade humana”.

Segundo o vereador é “com satisfação” que percebem que o torneio ‘Clericus Cup’ é “mais uma das provas desportivas” que preenche a grande agenda de Braga – ‘Cidade Europeia do desporto’ e desejou boa sorte aos sacerdotes da arquidiocese.

A 13.ª edição da ‘Clericus Cup’, torneio de futebol de salão do clero, vai mobilizar equipas de Braga, Viana do Castelo, Vila Real, da Congregação da Missão – Padres Vicentinos, de Viseu, Guarda, Porto, Leiria e Lamego, de 2 a 4 de julho.

A sessão de boas vindas e sorteio das equipas é no primeiro dia às12h00, no hotel João Paulo II, no Sameiro; Os jogos da fase de grupos realizam-se no pavilhão de Gualtar e no do Colégio João Paulo II.

Oração e celebração, bem como confraternização e visitas culturais também fazem parte do programa, no segundo dia há uma oração pelas vocações, na Basílica dos Congregados e a final do torneio é às 21h00.

O último jogo é solidário e a organização pede a quem for assistir que ofereça material desportivo que vai ser enviado para a Diocese moçambicana de Pemba.

CB/OC

DIRECTO | Clericus Cup

O "Clericus Cup", torneio de futebol de salão do clero, chega este ano à XIII edição decorre na cidade de Braga, de 2 a 4 de Julho.Organizado pelos sacerdotes que constituem a Equipa de Futsal da Arquidiocese de Braga, o programa do torneio será apresentado em formato de conferência no dia 25 de Junho, pelas 21h30, no Espaço Vita.

Publicado por Espaço Vita em Segunda-feira, 25 de Junho de 2018

Partilhar:
Share