Rui Fernandes, sj

Lisboa, 06 jul 2018 (Ecclesia) – O bispo auxiliar de Braga, D. Nuno Almeida, vai presidir este sábado à celebração de ordenação presbiteral de três religiosos da Companhia de Jesus (Jesuítas), às 16h00, na igreja de São Pedro e São Paulo.

Miguel Pedro Melo, Rui Fernandes e Samuel Beirão vão ser os novos sacerdotes jesuítas, numa celebração que conta com a presença do provincial da Companhia de Jesus em Portugal, padre José Frazão Correia.

“A Companhia de Jesus manifesta a sua alegria com este acontecimento desejando que possam experimentar a alegria de crescer no serviço à Igreja e ao mundo, identificando-se cada vez mais com Jesus pobre e humilde, que nos aponta o caminho das periferias”, refere um comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA.

Os três religiosos estão atualmente a concluir os seus estudos no estrangeiro.

Miguel Pedro Melo, tem 31 anos, e é natural de Braga; a Missa Nova é no dia seguinte à ordenação, 8 de julho, às 15h00 no Colégio das Caldinhas, em Santo Tirso.

Jesuíta desde 2006, o diácono está a terminar a licenciatura com especialização em Teologia Sistemática, em Boston (EUA); já viveu três anos na Província chinesa da Companhia de Jesus e em Madrid.

Samuel Beirão é de Lisboa e tem 33 anos, estando, atualmente, mais ligado à área de estudo da pedagogia inaciana; a Missa Nova vai ser celebrada às 17h00 do dia 14 de julho, no Colégio do Bom Sucesso, em Lisboa.

Com 35 anos, Rui Fernandes é o mais velho do grupo de futuros sacerdotes e foi o último a entrar para a Companhia de Jesus, em 2008; neste momento, está a fazer o doutoramento na área do diálogo entre Cristianismo e Islão, a partir da música, na Universidade Católica em Lisboa.

O novo padre vai celebrar a sua Missa Nova às 11h00 de 15 de julho, no noviciado dos Missionários Combonianos, em Santarém, a sua diocese de origem.

Cada um dos futuros sacerdotes da Companhia de Jesus foi desafiado a explicar o que é para si ser padre nos Jesuítas numa palavra: Justiça para Samuel Beirão; Rui Fernandes escolheu aprender, servir e conviver; Miguel Pedro Melo selecionou o verbo facilitar.

CB/OC

Partilhar:
Share