«Casa Cáritas» e novo serviço para as Migrações e Minorias Étnicas integram programa celebrativo

Bragança, 24 fev 2018 (Ecclesia) – A diocese de Bragança-Miranda associa-se à Semana Nacional da Cáritas com diversas iniciativas e com a apresentação do projeto «Casa Cáritas», um novo equipamento social da instituição.

Com início esta segunda-feira, dia 26, a iniciativa anual da Cáritas Portuguesa propõe este ano o tema “Uma só família humana, cuidar da casa comum”.

A sua congénere em Bragança apresenta nesse mesmo dia o projeto do “novo equipamento social da Instituição, a «Casa Cáritas»”, indica um comunicado enviado hoje à Agência Ecclesia, seguida de uma conferência do sacerdote dehoniano, Antonino de Sousa, autor do livro «O cuidar como relação de ajuda».

No dia seguinte a diocese apresenta o novo serviço pastoral para as Migrações e Minorias Étnicas, propondo ainda uma conferência, com entrada livre, sobre «Multiculturalidade» pela investigadora Lurdes Nicolau.

Para o dia 3 está marcado um «concerto familiar», a decorrer no auditório do Conservatório de Música de Bragança, e um jantar solidário com animação musical.

A par destas iniciativas decorre um peditório público, nos dias 1, 2 e 3 de março, com o objetivo de “apoiar famílias carenciadas” e a Semana Nacional da Cáritas encerra este domingo, dia 4.

A Cáritas Portuguesa é uma instituição oficial da Conferência Episcopal Portuguesa, para a promoção e dinamização da acção social da Igreja Católica.

O Presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana, D. José Traquina, assinalava a necessidade de uma “abordagem integral” de forma a combater a pobreza, devolver a dignidade aos excluídos e, simultaneamente, cuidar da natureza”.

O responsável referia, no âmbito do tema que a Semana Nacional da Cáritas propõe, que “casa comum” e “família humana” são termos que devem estar juntos quando se pretende alcançar um desenvolvimento sustentável integral.

OC/LS

Partilhar:
Share