Em Portugal desde 2014, o padre José Vieira não esquece o tempo que viveu em África, os sete anos no Sudão do Sul e os oito que esteve na Etiópia. Para lá pensava regressar mas a congregação elegeu-o para provincial. Em terras africanas aprendeu a caminhar e a língua materna dos povos. Esta é uma aprendizagem que fica para a vida e que procura concretiza todos os dias da sua missão.

 

 

Partilhar:
Share