Marcelo Rebelo de Sousa fala em «exemplar trajetória biográfica e pastoral» do bispo de Leiria-Fátima

Lisboa, 20 mai 2018 (Ecclesia) – O presidente da República Portuguesa saudou hoje D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, pelo anúncio da sua elevação ao cardinalato, feito pelo Papa Francisco.

Marcelo Rebelo de Sousa fala numa “decisão sábia e clarividente” do pontífice, que assim “reconhece uma exemplar trajetória biográfica e pastoral”.

“O empenho de D. António Marto na reforma da Igreja, a sua profunda ligação a Fátima e aos seus mistérios, o cuidado na atenção aos outros e ao cumprimento diário da mensagem evangélica fazem dele um dos mais promissores novos cardeais”, escreve o chefe de Estado, que acompanhou de perto a visita do Papa ao Santuário de Fátima, em maio de 2017.

O presidente da República Portuguesa deseja ao futuro cardeal português, o quinto no século XXI, as “as maiores venturas no exercício deste exigente múnus”.

“Agradeço a D. António Marto o seu admirável testemunho de esperança e de humanidade, prestado perante crentes e não-crentes”, conclui Marcelo Rebelo de Sousa.

O Papa Francisco anunciou hoje a decisão de convocar um consistório público para a criação de 14 cardeais (11 eleitores) a 29 de junho, no Vaticano.

O nome de D. António Marto foi o sétimo a ser anunciado, numa lista que inclui colaboradores diretos do Papa e algumas surpresas, como responsáveis do Paquistão, Peru ou Madagáscar.

O bispo de Leiria-Fátima, de 71 anos, está à frente da diocese desde 2006, tendo recebido na Cova da Iria os Papas Bento XVI (2010) e Francisco (2017), este último no Centenário das Aparições de Fátima.

OC

Partilhar:
Share