«Reconhece a sua exemplar trajetória biográfica e pastoral», assinala Marcelo Rebelo de Sousa

Foto: DR/Arquivo RR

Fátima, 30 jun 2018 (Ecclesia) – O presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, enviou um telegrama de felicitações a D. António Marto, o novo cardeal português, onde destaca a “decisão sábia e clarividente” do Papa Francisco.

“É com muito alegria e honra que o venho felicitar neste dia da imposição das insígnias da sua elevação ao cardinalato, decisão sábia e clarividente do Papa Francisco, que assim reconhece a sua exemplar trajetória biográfica e pastoral”, lê-se na informação enviada à Agência ECCLESIA.

Marcelo Rebelo de Sousa deseja “as maiores venturas” no exercício do “exigente múnus” da criação cardinalícia.

“Como Presidente da República, agradeço o seu admirável testemunho de esperança e de humanidade, prestado perante crentes e não-crentes”, desenvolve no telegrama enviado esta sexta feira a D. António Marto.

Marcelo Rebelo de Sousa já tinha saudado D. António Marto quando o Papa Francisco anunciou da sua elevação ao cardinalato, a 20 de maio.

D. António Marto é o primeiro cardeal de uma diocese de Portugal continental e ilhas, com exceção do Patriarcado de Lisboa, desde D. Américo Ferreira dos Santos Silva, bispo do Porto (consistório de 1879); neste período, houve outros cardeais portugueses que serviam dioceses fora do atual território português ou desempenhavam cargos na Cúria Romana.

O cardeal de Leiria-Fátima, de 71 anos, está à frente da diocese desde 2006, e recebeu na Cova da Iria os Papas Bento XVI (2010) e Francisco (2017), este último no Centenário das Aparições de Fátima.

CB

Partilhar:
Share