A diocese de Viseu está num momento de mudança: o bispo que durante  12 anos acompanhou a vida eclesial neste território pediu a resignação antes ainda de completar os 75 anos por sentir que Viseu precisava de um bispo com a força e energia necessária para novos tempos e novas dinâmicas. D. Ilídio Leandro vai ser substituído por D. António Luciano a partir do dia 22 mas fecha a sua atividade episcopal, em Viseu, com um documento pastoral que por certo marcará a vida de tantos: «Acompanhar, discernir, integrar» foi apresentado há dias e operacionaliza as diretrizes indicadas pelo Papa Francisco sobre o acolhimento a pessoas divorciadas recasadas.
Nesta manhã fazemos com D. Ilídio Leandro um balanço sobre estes 12 anos à frente da diocese de Viseu, mas olhamos também para a Igreja de hoje, para os jovens, para a família, o acolhimento, o modo de ser padre e ser bispo, a moral e a pastoral da Igreja.

 

Partilhar:
Share