A Igreja católica está hoje em festa: o Papa Francisco aprovou a canonização de duas grandes figuras elevadas agora à devoção mundial, como testemunhas e exemplo de santidade.
Há muito que os salvadorenhos pediam a canonização de D. Óscar Romero, bispo morto a 24 de março de 1980 pelo exército de El Salvador, enquanto celebrava missa, num contexto de repressão e perseguição pela polícia militar. Também Paulo VI, primeiro Papa a visitar Fátima em 1967, conhecido pelo Papa que quis levar o Concílio Vaticano II a toda a Igreja e a abriu ao diálogo ecuménico, conhece hoje, de forma oficial, a elevação aos altares.
É sobre estas duas vidas que o programa desta manhã evoca. Fomos em busca de pessoas que estiveram em Fátima, há 41 anos, e partilharam o altar daquele santuário com Paulo VI. Encontrámos também quem deu a notícia em Portugal da morte do arcebispo de El Salvador ou quem encontra em D. Óscar Romero um profeta dos dias de hoje.

Partilhar:
Share