52.ª edição tem como título «A boa política está ao serviço da paz»

Cidade do Vaticano, 17 dez 2018 (Ecclesia) – A Mensagem do Papa para o Dia Mundial da Paz 2019, com o título ‘A boa política está ao serviço da paz’, vai ser publicada e apresentada esta terça-feira.

Segundo a sala de imprensa da Santa Sé, a conferência de imprensa de apresentação do documento está marcada para as 11h00 (menos uma em Lisboa) e vai contar com a presença do cardeal Peter Turkson, presidente do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, e do secretário do mesmo organismo, padre Bruno Marie Duffé.

O 52.º Dia Mundial da Paz, comemorado no dia 1 de janeiro de 2019, pretende sublinhar que “a responsabilidade política pertence a cada cidadão”, nomeadamente “quem recebeu o mandato de proteger e governar”, e ao mesmo tempo salvaguarda o direito e incentiva “ao diálogo entre os atores da sociedade, entre gerações e culturas”.

“Não há paz sem confiança recíproca”, acrescenta um comentário ao tema da Mensagem do Papa para o Dia Mundial da Paz, entretanto publicado pela Sala de Imprensa da Santa Sé.

A mesma fonte refere que a confiança entre as pessoas e povos “tem como primeira condição o respeito pela palavra dada” e que o compromisso político “traz a preocupação pelo futuro da vida e do planeta, dos mais jovens e das crianças, na sua ânsia de realização”.

“Quando o homem é respeitado nos seus direitos, nasce nele o dever de respeitar os direitos dos outros”, afirma o comunicado.

“Os direitos e os deveres do homem aumentam a consciência de pertencer a uma mesma comunidade, com os outros e com Deus. Somos, portanto, chamados a defender e a anunciar a paz como uma boa notícia de um futuro onde cada pessoa seja considerada na sua dignidade e nos seus direitos”, conclui.

O Dia Mundial da Paz foi instituído em 1968 pelo Papa Paulo VI (1897-1978) e é celebrado no primeiro dia do novo ano.

JCP

Partilhar:
Share