Estudo «Católica Impacto» refere-se aos últimos 50 anos e indica que os alunos da UCP estão na origem de cerca de 166 mil postos de trabalho

Lisboa, 04 out 2018 (Ecclesia) – A Universidade Católica Portuguesa (UCP) teve um impacto de “cerca de 18 mil milhões de euros” na economia portuguesa ao longo dos 50 anos de existência, indica o estudo ‘Católica Impacto’ que vai ser apresentado no dia 11 de outubro, em Lisboa.

“O valor tem vindo a crescer e situa-se atualmente em mais de 600 milhões de euros por ano”, referem os dados do estudo enviados à Agência ECCLESIA.

A UCP acrescenta refere que o estudo realizado no âmbito dos 50 anos da instituição avaliou a sua ação na sociedade portuguesa, a nível económico e financeiro, mas também social, cultural e científico.

A UCP destaca mais alguns resultados do estudo, como o seu número de diplomados que são “cerca de 48 000”, a informação de que o índice de satisfação dos alumni “supera os 87%” e que estes criaram “cerca de 6500 empresas e 1700 ONG’s e entidades sem fins lucrativos”, que resultaram em “cerca de 166.000 empregos”.

“Os resultados deste estudo de impacto – alicerçados num inquérito lançado a toda a comunidade de alumni da Universidade Católica – evidenciam amplamente o profundo impacto multidimensional da UCP”, salientou o diretor do Centro de Estudos e Sondagens de Opinião da Universidade Católica e coordenador do estudo.

Segundo André Azevedo Alves, a UCP espera que este exercício possa também “abrir caminho” a um “melhor conhecimento e a uma análise mais rigorosa do impacto das instituições de ensino superior”.

A Universidade Católica Portuguesa destaca que foi realizado um estudo “aprofundado e transversal” do seu impacto na sociedade portuguesa “à semelhança de exercícios realizados por instituições de referência a nível mundial”, como Harvard ou o MIT.

A versão completa do estudo de impacto da UCP vai ser divulgada na tarde do dia 11 de outubro e, segundo os dados adiantados nos últimos três anos, receberam “35 prémios científicos” e contam-se “30 patentes certificadas”.

O programa comemorativo as celebrações de encerramento dos 50 anos da Universidade Católica Portuguesa começam com uma Eucaristia presidida pelo magno chanceler da universidade, D. Manuel Clemente, às 12h00.

Ainda no dia 11 deste mês, o presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, vai encerrar o ciclo ‘Grandes Conferências – Futuros Globais’, às 18h00, com uma comunicação sobre ‘O Futuro de Portugal e a Visão do Mundo’.

No dia seguinte, 12 de outubro, realiza-se na UCP um seminário internacional sobre parcerias entre universidades católicas para desenvolver redes globais de investigação.

CB/PR

Partilhar:
Share