Fátima, 03 set 2018 (Ecclesia) – A família carmelita realiza, de 19 a 21 de outubro, em Fátima, na Domus Carmeli, um congresso intitulado «Espiritualidade e Espiritualidades».

Esta iniciativa pretende refletir sobre “espiritualidade cristã em diálogo com outras espiritualidades”, refere o programa enviado à Agência ECCLESIA.

“Que espiritualidades estão presentes no nosso contexto de vida?”; “Que espiritualidade vivemos?”; “Que meios empregar para cultivar a nossa espiritualidade cristã, centrada no seguimento de Jesus e na vida segundo o Espírito?”, devido a estas questões os Institutos Religiosos, Ordem do Carmo, Ordem dos Carmelitas Descalços, Companhia de Santa Teresa, Carmelitas Missionárias e Instituição Teresiana decidiram levar por diante esta atividade aberta a todos, “a fim de clarificar o panorama espiritual do nosso tempo”, lê-se no programa.

Na abertura, Carlos Liz apresenta o «Panorama da Espiritualidade do nosso tempo»; o professor de Teologia da vida espiritual, Alexandre Duarte Freire, ajuda a clarificar este “conceito «espiritualidade», sempre sujeito a tantas ambiguidades” e de seguida, os participantes mergulham “nalguns clássicos de espiritualidade, concretamente Santa Teresa de Jesus, apresentados pelo carmelita espanhol, padre Salvador Ros.

Alfredo Teixeira fala sobre «Religiosidade popular: uma espiritualidade sensível».

Como o próximo Sínodo dos Bispos irá debater questões relacionadas com os mais jovens, a organização propõe também neste congresso a «Espiritualidade para os jovens de hoje», a cargo do padre Eduardo Caseiro.

Haverá ainda lugar para um painel de apresentação de «espirituais contemporâneos», tais como Tomás HaliK, Simone Weil, Manuel García Morente e G. K. Chesterton, realça o programa.

LFS

Partilhar:
Share