Lisboa, 03 out 2018 (Ecclesia) – O ‘foco Fraternidade’, em Fátima, promove uma ‘Oração de Louvor’ que assinala a conclusão do ‘Tempo da Criação’, às 21h00 desta quinta-feira, quando a Igreja celebra a memória de São Francisco de Assis, no Jardim Bíblico dos Capuchinhos.

O ‘foco Fraternidade’, que nasceu da apresentação da rede ‘Cuidar da Casa Comum’ em Fátima, convida toda a família franciscana, outros religiosos e leigos, a participarem na ‘Oração de Louvor’ no “Cenáculo” do Jardim Bíblico dos Missionários Capuchinhos.

A rede ‘Cuidar da Casa Comum’ é um projeto ecuménico ao “serviço da ecologia integral”, correspondendo ao apelo do Papa Francisco, que desde o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação promoveu um conjunto de iniciativas para “celebrar e agradecer a criação” e “apelar à conversão ecológica”.

A 1 de setembro deste ano, o Papa na sua mensagem lembrou o “imperativo urgente” de cuidar da “água”, e a rede ecuménica dinamizou, por exemplo, uma vigília de oração e uma jornada de reflexão, celebração e oração intitulada ‘Também somos Terra’, onde os presentes fizeram um compromisso onde assumiram o urgente desafio de cuidar da nossa casa comum.

De recordar que Francisco publicou a 18 de junho de 2015 a sua encíclica (246 números, seis capítulos) sobre o ambiente – ‘Laudato si, sobre o cuidado da casa comum’ – trazendo a temática ambiental para o centro das preocupações da Doutrina Social da Igreja e assumindo a inspiração em São Francisco de Assis (1182-1226).

A expressão ‘Laudato si’ (louvado sejas) remete para o ‘Cântico das Criaturas’ (1225) do religioso italiano, fundador do Franciscanismo, que inspirou o Papa argentino na escolha do seu nome.

CB

Partilhar:
Share