Funchal, 16 out 2018 (Ecclesia) – O Museu de Arte Sacra do Funchal (Ilha da Madeira) vai ter patente, de 18 de outubro a 18 de dezembro, a exposição «Ícone: Da Beleza ao Mistério».

A exposição constitui, desde logo, dada a natureza do museu que a acolhe, “um exercício de diálogo entre o catolicismo e a arte sacra de tradição oriental”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Os ícones em exposição, “datados de entre os séculos XVIII e XX”, são, na sua “maioria, de produção russa”, sendo possível observar e comparar diversas representações temáticas ligadas ao antigo e novo testamento, bem como à vida de alguns santos, comuns entre as Igrejas Católica e Ortodoxa, ou exclusivos desta última, acrescenta o comunicado.

Esta exposição insere-se, ainda, no espírito da (re)descoberta ocidental pela arte ortodoxa existente em coleções particulares, em museus ou igrejas em Portugal e é organizada, sobretudo, no sentido de “dar a conhecer alguns aspetos históricos e a profunda espiritualidade e função sacramental de um ícone, enquanto revelação do invisível”.

LFS

Partilhar:
Share