Viseu, 18 out 2019 (Ecclesia) – O bispo de Viseu vai presidir à vigília missionária que a diocese vai promover às 21h00, desta sexta-feira, 19 de outubro, na igreja do Carmo.

“A vida é uma missão ao serviço de Deus e da Humanidade. Só tem verdadeiro sentido quando assim a entendemos e gastamos ao serviço daqueles que o Senhor nos confiou”, escreveu D. António Luciano na ‘Voz do Pastor’.

No artigo intitulado ‘A vida é uma missão’, publicado no sítio online da Diocese de Viseu, o bispo explica que “toda a Igreja é missionária” e todos têm “uma missão a cumprir”.

D. António Luciano convida a diocese a “rezar uma pequena oração em família e quem for capaz o Terço” e explica que “família que reza unida mantêm-se unida e ajuda o mundo a ser melhor”.

No âmbito do mês outubro missionário e do ano missionário especial, convocado pela Conferência Episcopal Portuguesa até outubro de 2019, o bispo de Viseu vai presidir a uma vigília esta sexta-feira, às 21h00, na igreja do Carmo, no Largo de Santa Cristina.

De recordar que na sua Nota Pastoral publicada sobre o Ano Missionário convoca a diocese para “o verdadeiro espírito e ardor missionário”.

“Nós temos isso no nosso sangue. Por isso não podemos descurar o aspeto da missão”, realçou no documento.

No artigo, publicado no início do mês, D. António Luciano lembra o início do Sínodo dos Bispos, sobre o tema ‘Os jovens, a fé e o discernimento vocacional’, que termina a 28 de outubro,

“Vamos juntos viver isto, para anunciarmos ao mundo a grandeza da missão de Jesus Cristo, transmitindo uns aos outros por “contágio” o dom da fé e o testemunho do verdadeiro amor que só Jesus nos pode e sabe dar”, desenvolve na ‘Voz do Pastor’.

CB

Partilhar:
Share