Quando:
25 Janeiro, 2019@21:00_26 Janeiro, 2019@0:00
2019-01-25T21:00:00+00:00
2019-01-26T00:00:00+00:00
Onde:
Guarda

Foto: Diocese da Guarda

Guarda, 10 jan 2019 (Ecclesia) – O Departamento da Pastoral Juvenil Universitária e Vocacional, da Diocese da Guarda, está a desafiar os jovens do território para uma vigília de oração no dia 25 de janeiro, em ligação às Jornadas Mundiais da Juventude do Panamá.

De acordo com o jornal ‘A Guarda’, a iniciativa vai decorrer em simultâneo em quatro pontos diferentes da diocese egitaniense – Fundão, Covilhã, Guarda e Seia –, a partir das 21h00, e pretende “envolver os jovens da região no espírito das Jornadas”.

O padre Rafael Neves, coordenador do Departamento da Pastoral Juvenil Universitária e Vocacional, da Diocese da Guarda, salienta que apesar de as próximas JMJ se realizarem “num lugar distante do nosso país”, isso não deve impedir ninguém de viver e acompanhar este encontro.

Aquele sacerdote desafia os mais novos da Diocese da Guarda a “unirem-se pela oração ao Papa e a todos os jovens que a ele estarão associados” no Panamá, entre 22 e 27 de janeiro.

No Fundão, a vigília de oração proposta pela Diocese da Guarda, a 25 de janeiro, está marcada para a igreja Matriz; na Covilhã a celebração vai decorrer na Capela dos Serviços Sociais da Universidade da Beira Interior; em Seia está marcada para a igreja de Nossa Senhora do Rosário.

Quanto à Guarda, a organização ainda irá definir um local para esta celebração.

Todos os momentos de oração serão guiados por “um tema e um esquema comum, preparado pela equipa da Pastoral Juvenil Universitária e Vocacional”, refere o padre Rafael Neves.

O sacerdote pede que as vigílias nos vários lugares sejam “preferencialmente dinamizadas por jovens e para jovens, não excluindo a participação de outras pessoas que se queiram associar” a esta iniciativa.

A 34.ª edição das Jornadas Mundiais da Juventude, presididas pelo Papa Francisco, terão como tema ‘Eis aqui a escrava do Senhor, faça-se em mim segundo a sua palavra’, e deverá contar com mais de 200 mil participantes, de 155 países.

Portugal irá participar nas JMJ 2019 com cerca de 300 elementos de 12 dioceses e quatro movimentos, acompanhados por seis bispos e 30 voluntários.

JCP

Partilhar:
Share