Porto, 20 fev 2018 (Ecclesia) – A Sé de Vila Real, o Museu Abade Baçal (Bragança) e a Praça Forte de Almeida são os três edifícios nacionais selecionados para integrar o projeto RENERPATH-2, cujo objetivo visa a implementação de metodologia de reabilitação energética dos edifícios patrimoniais

Na manhã desta quarta-feira realiza-se, em Belmonte, “mais uma reunião de trabalho envolvendo todos os parceiros do projeto”, lê-se num comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

O projeto «Metodologia de reabilitação energética dos edifícios patrimoniais 2» está incluído na área de cooperação inter-regional do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, Interreg Espanha-Portugal 2014-2020.

A primeira parte do projeto foi desenvolvida entre 2011 e 2013, e estudou a reabilitação energética em edifícios patrimoniais, especificamente na Catedral de Ciudad Rodrigo e no Palácio Episcopal de Pinhel.

O resultado foi um guia metodológico que será aplicado agora num conjunto mais amplo de edifícios, de diferentes tipologias, épocas e estilos, três em Portugal: o Museu do Abade de Baçal (Bragança), a Sé de Vila Real (Vila Real) e a Praça Forte de Almeida (Almeida); e quatro na região de Castilla y León: a Casa de Cultura de Ciudad Rodrigo, a Colegiada de Villagarcía de Campos, o Palácio Episcopal de Astorga e o Castillo de la Mota em Medina del Campo.

LFS

Partilhar:
Share