Lisboa, 24 jul 2018 (Ecclesia) – O Instituto público Camões e a Plataforma Portuguesa das ONGD vão assinar um protocolo e o Acordo Quadro, no final da reunião plenária do Fórum da Cooperação para o Desenvolvimento que se vai realizar esta quarta-feira, em Lisboa.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua informa que a 11.ª reunião plenária tem como objetivo “a promoção de maior coerência, eficácia e eficiência das políticas na área do desenvolvimento”.

O encontro vai ser presidido pela secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Teresa Ribeiro; A sessão de encerramento com a presença do ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, é aberta à comunicação social, a partir das 17h00.

Da agenda de trabalhos destacam-se pontos como: A reforma do quadro jurídico da Cooperação; o anúncio dos resultados das Linhas para Países em Desenvolvimento, Linha de Cofinanciamento para apoio a Conferências, Seminários e Estudos e da nova Linha de Ajuda Humanitária; ponto de situação dos Programas Estratégicos de Cooperação (PEC) com Angola e Timor-Leste.

No auditório Camões vão ser também apresentados os novos membros do Conselho de Administração da SOFID – Sociedade para o Financiamento do Desenvolvimento, Instituição Financeira de Crédito.

A 11.ª reunião plenária do Fórum da Cooperação para o Desenvolvimento deverá mobilizar cerca de 40 organizações parceiras da Cooperação Portuguesa, entre instituições de ensino superior, organizações não-governamentais para o desenvolvimento, fundações, associações empresariais, sindicatos, autarquias e centros de investigação.

Segundo o Instituto Camões, o Fórum da Cooperação para o Desenvolvimento apresenta-se como “um espaço de promoção da coerência e da complementaridade da cooperação portuguesa”, permitindo “a reflexão e o diálogo” entre o Estado, a Administração Local e a Sociedade Civil.

CB

Partilhar:
Share