Cidade do Vaticano, 14 jun 2018 (Ecclesia) – O Papa Francisco alertou para as “consequências sociais dramáticas” da pobreza e condenou o que qualifica como “aversão” aos pobres, numa mensagem divulgada hoje pelo Vaticano.

“Quantos percursos conduzem a formas de precariedade: a falta de meios elementares de subsistência, a marginalidade quando se deixa de estar no pleno das próprias forças de trabalho, as diversas formas de escravidão social, apesar dos progressos levados a cabo pela humanidade”, refere o texto orientador para a celebração do II Dia Mundial dos Pobres, este ano a 18 de novembro.

Francisco sublinha que a pobreza não é procurada, mas é “criada pelo egoísmo, pela soberba, pela avidez e pela injustiça”, convidando todos a um “sério exame de consciência”.

LFS

Vaticano: Papa denuncia «consequências sociais dramáticas» da pobreza e condena «aversão» aos pobres

 

Partilhar:
Share