Projeto nasceu há 40 anos a partir do Movimento dos Convívios Fraternos

Foto: Jornal A Defesa

Évora, 07 ago 2018 (Ecclesia) – Uma dezena de jovens ligados aos Convívios Fraternos estão a realizar até domingo umas “férias missionárias” na Vila do Couço, com destaque para a partilha de apoios e experiências com a população local.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, o gabinete de comunicação da Arquidiocese de Évora salienta que esta iniciativa já é um hábito “desde há 40 anos”, quando o movimento dos Convívios Fraternos chegou ao território.

Na base desta iniciativa está o objetivo de “evangelizar os jovens e aproximá-los da Igreja”, sem esquecer a ponte que é estabelecida com as comunidades da região.

Os referidos jovens, com idades entre os 18 e os 30 anos, chegaram no dia 4 de agosto, “animados pela vontade de transmitir a fé” e pela oportunidade de irem ao encontro das pessoas, desde os mais novos aos idosos, também aos mais necessitados.

O programa dos próximos dias prevê iniciativas de partilha com crianças e jovens, com idosos em Lar, com doentes e momentos de oração em comunidade.

“A oração e reflexão da equipa acontece todos os dias de manhã com a oração de Laudes e um tempo de retiro espiritual que culmina com a Eucaristia. É desta forma que fortalecem a sua atividade apostólica”, explica a nota da Arquidiocese de Évora.

Os jovens missionários estão acompanhados na Vila do Couço pelo padre Manuel José.

Os participantes levaram para a igreja do Couço a Cruz dos Convívios Fraternos, iniciativa inserida na comemoração dos 50 anos do Movimento, a nível nacional.

A etapa final destas “férias missionárias” está prevista para domingo, com a celebração de uma Eucaristia com a comunidade local e com os elementos dos Convívios Fraternos que se quiserem associar a esta festa, a partir das 16h00.

JCP

Partilhar:
Share