8500 elementos das Equipas de Nossa Senhora de 92 países estão em Portugal entre os dias 16 e 21 de julho

Foto Arquivo, Encontro Internacional das Equipas de Nossa Senhora em 2012, em Brasília

Fátima, 13 julh 2018 (Ecclesia) – O movimento Equipas de Nossa Senhora vai realizar entre os dias 16 e 21 de julho o Encontro Internacional, em Fátima, reunindo cerca de 8500 participantes de 92 países.

Para o casal Moura Soares, responsável internacional das ENS, o Encontro Internacional é uma oportunidade de “dar testemunho” dos valores que defendem para a família.

“Queremos dar visibilidade e ser testemunho público de que é possível viver em casal e em família”, afirmaram em declarações à Agência ECCLESIA.

A Equipa Responsável Internacional (ERI), presidida pelo casal de Portugal desde o Encontro Internacional que decorreu em Brasília, em 2012, está a preparar o acolhimento aos participantes que chegam de todos os continentes e vão permanecer em Fátima durante uma semana.

“No dia 16, segunda-feira, saem do aeroporto de Lisboa 6500 pessoas”, referiu o casal que preside à ERI, acrescentando a logística de acolhimento “provoca uma certa expectativa para ver como tudo corre” até serem alojados numa centena de hotéis, em Fátima.

Casal Moura Soares

O XII Encontro Internacional das ENS tem por tema “Reconciliação, sinal de amor”, inicia em cada dia com uma meditação de D. José Tolentino Mendonça sobre um dos versículos da parábola do Filho Pródigo, a que se seguem conferências, testemunhos de casais e, de tarde, a participação em atividades de grupos, nomeadamente apresentações da Mensagem de Fátima, um musical e um percurso nos Valinhos.

Entre os conferencistas, para além de casais e conselheiros espirituais das ENS, vão estar no Encontro Internacional o cardeal D. Ricardo Blázquez Perez, presidente da Conferência Episcopal de Espanha, Cardeal Peter Turkson, presidente do Dicastério para o Desenvolvimento Humano Integral, o cardeal D. Sérgio Rocha, presidente da Conferência Nacional dos Bispos Brasileiros,  D. Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa e presidente da Conferência Episcopal Portuguesa e D. Georges Casmoussa, do Iraque.

“Começamos a preparar esta peregrinação depois de 2015, quando tivemos um encontro com o Papa e na altura em que saiu a Bula de Misericórdia”, recorda o casal Tó e José Moura Soares, acrescentando que o encontro vai dar “enfoque muito especial à missão”.

Antes do Encontro Internacional das ENS, a Equipa Responsável Internacional, composta por 40 casais de todo o mundo e 18 conselheiros espirituais, está reunida em Fátima a preparar o encontro e a “tratar de orientações para o movimento nos próximos anos”, referiu o casal Moura Soares.

No início do encontro, os mais de quatro mil casais vão receber um banco para participar na iniciativa “O dever de sentar”, que vai preencher a esplanada do Santuário de Fátima, na manhã de quinta-feira, e tem por objetivo proporcionar um tempo de diálogo par ao casal.

“Cada casal terá o seu tempo para dialogar entre si e os dois, com Cristo caminharem mais”, referiu o casal Moura Soares.

As conferências do Encontro Internacional das Equipa de Nossa Senhora decorrem na Basílica da Santíssima Trindade e os encontros por grupos na mesma basílica, no Centro Pastoral Paulo VI, num dos Parques e nos Valinhos.

PR

Partilhar:
Share